Como anda a sua produtividade?

Confira as dicas de Isabella Fortunato!

0

 

Já parou para pensar em como a organização pode influenciar diretamente a forma como você conduz a sua vida? É o que defende a empreendedora Isabella Fortunato, mentora de produtividade que durante muito tempo sofreu com a própria dificuldade em se organizar. A vontade de trabalhar com isso, inclusive, surgiu a partir dos próprios conflitos. Definindo-se como uma pessoa multipotencial, Isabella conta que dividia a atenção entre vários assuntos diferentes: “Eu sempre trabalhei em vários lugares, dava aula em vários lugares, então, para poder fazer todas as coisas que eu queria, eu precisava estar milimetricamente organizada”, comenta.

Segundo ela, a organização está diretamente ligada ao autoconhecimento – e é aí que mora a maior dificuldade das pessoas: “Para você poder organizar a sua vida, até para fazer tudo que você sonha e acha que nunca seria possível, você tem que olhar para dentro”. Essa, no entanto, está longe de ser uma tarefa simples, o que faz com que muita gente leve a vida sem se questionar sobre a própria trajetória: “A partir do momento em que produtividade é exatamente você organizar a sua vida em prol de um objetivo, você precisa se conhecer para estabelecer esse objetivo”, diz Isabella, recomendando terapia, coaching e outras ferramentas de desenvolvimento pessoal como boas estratégias para mergulhar em si mesmo.

Entre os maiores inimigos da produtividade, a mentora ainda aponta dois comportamentos: não saber onde quer chegar e não dizer não. “Sabe essas pessoas que vivem fazendo coisas para os outros? Elas não são produtivas porque elas estão só ajudando o outro a crescer e esquecendo de crescer elas mesmas”, ensina Isabella, lembrando ainda a metáfora da máscara de oxigênio no avião: “Você bota a máscara primeiro em você e depois você ajuda quem está com dificuldade”.

Ao contrário do que imagina o senso comum, a falta de organização não se trata apenas de um problema superficial, mas uma situação que pode até mesmo impactar o nosso emocional. De acordo com Isabella, os impactos mais fortes são a confusão mental e o desperdício do nosso maior recurso: o tempo. “Eu acho que a pior coisa que pode acontecer é uma pessoa olhar para trás e falar: eu poderia ter feito muito mais”, comenta ela.

Para ajudar quem está perdido e não quer chegar à velhice com uma bagagem de arrependimentos, a mentora tem uma série de produtos, desde workshops a desafios, passando pelas mentorias em grupo e individuais. Se você quiser conhecer mais sobre o trabalho da Isabella, pode encontrá-la no Instagram, onde ela disponibiliza uma série de conteúdos com o objetivo de ajudar outros empreendedores: https://www.instagram.com/isabellafortunato/.

 32,488 total views,  6 views today

(Visitado13 vezes, 1 visitas hoje)

The following two tabs change content below.
Maíra Ferreira

Maíra Ferreira

Maíra Ferreira é formada em Letras pela UFRJ, mestranda em Teoria Literária pela mesma instituição e atua como revisora e editora da Utilità. Publicou seu primeiro livro de poemas – denominado A primeira morte – pela Oficina Raquel e edita a revista digital Oceânica, focada na publicação da poesia produzida por mulheres. Posta looks plus size no Instagram (@mairacomacento) e também escreve sobre relacionamentos, feminismo e vida em seu blog: http://mairacomacento.com.br

 
27-03-2021 |

Deixe uma resposta

Todos os direitos reservados Utilità, Mantido por RT Soluções.
Pular para a barra de ferramentas