Qual é a melhor maneira de investir o seu dinheiro?

0

 

A falta de educação financeira no Brasil faz com que as pessoas pulem as etapas corretas gerando um grande problema: Investir errado! Afinal de contas, qual é a melhor maneira de empregar o seu dinheiro?

Ao pé da letra, investir tem como objetivo multiplicar o seu dinheiro e a escolha do investimento correto é muito importante, pois caso contrário, haverá perda ao invés de ganho. Além disso, você se deparará com muitas opções, desde iniciantes até investidores experientes.

De forma prática, o primeiro ponto a ser construído se chama “reserva de emergência” ou “proteção financeira”, que tem como objetivo, manter as suas despesas básicas por um determinado período caso a sua geração de receita seja afetada, como por exemplo, a perda do emprego, um imprevisto domiciliar ou até mesmo uma eventualidade com o carro.

Neste caso, para quem trabalha como CLT, o recomendado é armazenar de três a seis vezes o valor das suas despesas básicas num investimento conservador que normalmente está atrelado ao CDI, isto é, sem risco de perda. Para autônomos e empresários, o recomendado aumenta para seis a doze vezes.

Passando essa etapa, já podemos pensar em estruturar nossos projetos e sonhos de vida e cada pessoa tem os seus, não é mesmo? Nesta etapa, cada sonho e projeto estará atrelado a um tipo de investimento com o seu respectivo prazo e rentabilidade. Lembrando que fica muito mais fácil estabelecer os seus objetivos e depois identificar o melhor investimento para alcançá-lo já que existem tantas opções.


Separei cinco dicas para te ajudar a colocar a mão na massa a partir de agora:

1.              Estabeleça os seus objetivos: Defina os motivos pelos quais você quer fazer o seu dinheiro crescer, como por exemplo, comprar uma nova casa, abrir um negócio. Sem almejar isso você não chegará a lugar algum;

2.              Entenda e determine a quantia a ser investida: Depois de definir os objetivos, chegou a hora de mensurar o valor de cada um deles. Esses valores te ajudarão a estabelecer a quantia necessária a ser investida e o prazo da aplicação. Exemplo: Você deseja comprar um imóvel de 100 mil reais em 20 anos e para isso, precisa aplicar em torno de 400 reais mensalmente;

3.              Conheça os tipos de investimentos: De forma simples, existem dois tipos de investimentos: renda fixa e renda variável. Na primeira, o rendimento pode ser pré-fixado ou pós-fixado. Um rendimento pré-fixado já deixará claro para você o valor da rentabilidade, por exemplo, 2% ao ano. Já o pós-fixado, está atrelado a um indexador de economia como o CDI, o IPCA e a taxa Selic, onde haverá uma flutuação dependendo do cenário econômico. Exemplos: Tesouro Direto, CDB, LCI e LCA.

Na renda variável, você estará exposto à bolsa de valores e não terá um rendimento fixo, ou seja, não existia garantia futura e sim análise e projeções de alta ou baixa. Todos os dias, o mercado está sujeito a oscilações fazendo com que haja perda ou ganho de valores. Este tipo de investimento é recomendado para pessoas mais experientes ou que possuem um assessor de investimento com conhecimento para tal. Exemplos: Ações, Contratos Futuros, Opções e Commodities;

4.              Conheça o seu perfil de investidor. Basicamente existem três tipos de perfil: Conservador, Moderado e Agressivo. Você conseguirá fazer um teste para identificar o seu em qualquer instituição financeira. Assim, poderá descobrir o seu perfil e conhecer mais sobre cada um deles;

5.              Procura uma instituição financeira de confiança: Para começar a investir, é necessário ter uma conta em uma instituição financeira. Priorize sempre as corretoras de valores confiáveis e você consegue encontrar uma lista delas no site da CVM (Comissão de Valores Mobiliários).

Agora que você já conhece mais sobre como investir melhor, desejo sucesso na sua jornada de investidor com todos os seus objetivos realizados!

Se precisar de ajuda, conte comigo! Me encontre no Instagram: @marlonglaciano .

 6,433 total views,  2 views today

(Visitado10 vezes, 1 visitas hoje)

The following two tabs change content below.
Marlon Glaciano

Marlon Glaciano

Marlon Glaciano é Planejador Financeiro e corretor franqueado Life Planner da Prudential do Brasil, Empresário, Investidor e Consultor a mais de dez anos. Ajudou a planejar, desenvolver e consolidar o patrimônio de empresas, famílias e pessoas em diferentes condições no Brasil. É especialista em planejamento financeiro, sucessão familiar e empresarial, seguro de vida e proteção de patrimônio sob medida e atualmente tem sob gestão mais de 300 famílias e empresas. E-mail: contato@marlonglaciano.com.br
15-03-2021 |

Deixe uma resposta

Todos os direitos reservados Utilità, Mantido por RT Soluções.
Pular para a barra de ferramentas