Não é venda, venda é tudo que tem

0

Se realmente você é tudo o que tem, às vezes vale apostar tudo o que tem para alcançar seus objetivos. Mas tem de fazê-lo com segurança de que se não ganhar também não perderá. Como se faz isso? É somente experimentando, antes de tudo, aprender sobre si, sobre sua capacidade em determinada tarefa, sobre seus valores, sobre suas escolhas, suas emoções e, principalmente, entrar na experiência sabendo que pode ganhar somente experiência. 

 Assim, aprendemos sobre o que se deve ou não se deve fazer, quais caminhos deve-se seguir, dando corpo a sua jornada com o vigor da lembrança de tudo o que você fez e que “deu certo” e que levou você a alcançar cada meta até o objetivo em questão. 

 “Tem que dispor-se a aprender e praticar o que se aprende”: Janis Joplin escreveu ou ditou essa frase. Ao refleti-la, penso que é preciso saber muito sobre nossas ideias e conceitos da vida. Quando você entende que você é tudo o que tem, entende quais valores você pode assumir quando diz algo como usar o verbo TER.  

Você é resultado de uma história de vida, seja essa vida tão grande ou pequena. Nós nos formamos pessoas quando nascemos humanos, e isso é um aprendizado constante. Ao longo da vida, nos construímos e vamos aparando nossas arestas conforme a consciência que temos de nós. E nos tornamos cada vez mais nós quando temos mais competência de captar nossa consciência para também aprender controlar nossa inteligência emocional. Somente assim você não se vende vazio. 

 Eu, por exemplo, me vendo, pois que tudo o que sou é o que sei e aprendi a perceber de variadas maneiras até escolher conseguir escolher conscientemente como quero fazer minha vida acontecer, seja social, familiar ou profissionalmente. E nós nascemos nos vendendo. Vendemo-nos logo ao nascer, quando usamos o bico do peito de nossa mãe como moeda de troca pelo silêncio do choro. Se paramos para deixar funcionar nossa capacidade de aprender, veremos que tudo o que temos é muito conteúdo e valioso. 

Eu vendo meu conhecimento. Ofereço a Terapia da Comunicação. Porque entendo que se nos comunicamos conscientes do que fazemos, nessa troca ganhamos também. Quando compramos algo, pagamos por aquilo de alguma forma. Eu te dou isto e você me dá aquilo. 

Sendo assim, muito eu teria ainda pra discursar. Estou as ordens. Vamos refletir sobre tudo o que aprendemos para não seguir as segas pelos caminhos que podemos aprender a fazer sem filtro, sem consciência. 

 202,822 total views,  6,439 views today

(Visitado91 vezes, 8 visitas hoje)

The following two tabs change content below.
Sonia Bez

Sonia Bez

Sonia Bez, comunicóloga, publicitária e analista comportamental que tem a missão de ser um agente de mudanças extraordinárias "empoderando" pessoas ao seu redor a descobrirem o melhor de si mesmas para uma vida sadia e intensa. Profissional de coaching em Self & Life Coaching e faz terapia de comunicação para aprimorar sua comunicação com o universo.
13-10-2020 |

Deixe uma resposta

Todos os direitos reservados Utilità, Mantido por RT Soluções.
Pular para a barra de ferramentas