Os 3 principais modelos de precificação

0

 

Na prática, existem três modelos básicos de precificação, baseados em custos, na concorrência ou baseados na demanda. Conheça cada um deles e procure identificar a melhor estratégia de precificação para o seu negócio.

→ Precificação baseada em custos

O modelo de precificação baseada em custos é o mais simples entre os três modelos. Ele sugere a composição de preços baseada nos custos que a empresa tem para oferecer determinado serviço/produto. Nesse caso, aplica-se um determinado percentual em cima dos custos do serviço/produto e define-se o preço deste mesmo serviço/produto.

Por exemplo: se uma mercadoria tem um custo total de R$ 150 reais + um percentual de precificação baseada em gastos de 50%, significa que o seu preço final será de R$150,00 + (0,50×150 = R$ 75,00) = R$ 225,00.

Os principais desafios desse tipo de precificação são alguns custos de difícil rastreamento, que podem não ser refletidos de forma correta para os clientes. Por isso, é necessário fazer uma boa análise da precificação dos custos. Por conta disso, nem sempre esse é o modelo escolhido por empresas que oferecem serviços ao consumidor.

Outra forma muito utilizada no varejo para calcular o preço de venda das mercadorias consiste em dobrar o valor do custo do produto. A desvantagem nesse tipo de precificação é que ela não leva em consideração as outras variáveis, como custos de encargos, de armazenagem, transporte, entre outros.

→ Precificação baseada na concorrência

O modelo de composição de preços baseada na concorrência pode ser bastante útil para uma empresa que tem dificuldades em identificar os custos que envolvem a oferta de serviços/produtos. Nesse modelo, o empresário pode se basear nos preços praticados pela concorrência para definir o preço dos seus serviços.

Essa precificação é útil para medir os custos das mercadorias ou em casos de instabilidade que não se sabe como a concorrência reagirá.

Os principais desafios dessa forma de precificação de produtos/serviços recaem para as empresas de pequeno porte, que precisam criar preços competitivos com as empresas de médio e grande porte, além de refletir um valor competitivo para o cliente. Números muito altos não vendem e muito baixos não dão lucro. É preciso encontrar uma margem na qual se possa trabalhar sem prejuízo.

O perigo aqui está em não considerar os custos e margem de lucro do seu próprio negócio.

→ Precificação baseada na demanda

É a formação dos preços de acordo com o mercado, alinhada com o valor percebido pelo cliente. Ou seja, o quanto as pessoas estão dispostas a pagar pelo seu produto.

Identifica-se o preço que o cliente está disposto a pagar por determinado serviço e define-se, finalmente, o preço do serviço que será oferecida ao consumidor.

Tudo isso passa pela percepção que os clientes têm da sua loja de construção, do atendimento, da força da marca, da confiabilidade que a sua empresa passa. O principal desafio desse método é refletir os custos não-monetários em cima do preço total do produto, de forma a manter o seu valor competitivo.

Imagine, por exemplo, que para oferecer determinado serviço, uma empresa gasta R$ 120,00, colocou um diferencial competitivo percebido como valor pelo cliente de R$ 50,00 e definiu uma margem de lucro de 50%. Nesse caso, o preço final do serviço oferecido será de R$ 120,00 + R$ 50,00 + 50% (que será R$ 60,00), chegando ao total de R$ 230,00 pelo serviço.

→ Precificação baseada no Markup

Para formar a precificação de seus produtos existe um método que se chama Markup. Ele se refere a um índice utilizado para elaborar o custo de suas mercadorias e formar o seu preço de venda.

Isso também vale para a formação de valor de produtos para as lojas de construção. Pelo Markup, é possível saber se o preço da sua mercadoria está acima ou abaixo do seu valor real, ou seja, a diferença entre o custo de um produto e o seu valor de venda no mercado. A função do Markup é adicionar um percentual ao preço da mercadoria, de forma a gerar lucro para o negócio.

Ao desprezar esse índice, o preço de seus produtos será calculado de maneira incorreta, e isso pode implicar em prejuízos enormes para o seu negócio, especialmente quando se pensa em médio e longo prazo. Mesmo que a variação seja de apenas centavos, ela pode impactar seriamente o seu caixa em termos de lucro (se for aplicado o Markup) ou de prejuízo, caso ele seja desconsiderado. Para calcular o Markup, leve em consideração: Custos, despesas, impostos sobre vendas e lucro desejado.

O Markup é um método que tem como base o custo e, partir dele, é possível ter mais segurança para negociar e até mesmo oferecer descontos sem ficar no prejuízo.

A fórmula vai ser a seguinte:  100 / [100 – (custos + despesas + Impostos s/ vendas + lucro)] = Markup


→ Precificação Competitiva: método desenvolvido pela ProPAT

Está muito claro para nós da ProPAT que apenas um destes métodos não reflete uma precificação que traga vantagens competitivas para seu negócio. Por isso, criamos um método que calcula o preço com base em 4 variáveis: estratégia de precificação, custo

dos produtos ou serviço, markup e análise do mercado. Este método já aumentou a lucratividade de muitos dos nossos clientes.

Se você não sabe qual método de precificação usar nos seus produtos ou serviços, ou ficou com alguma dúvida no assunto, entre em contato conosco ou deixe sua mensagem nos comentários.

 163,572 total views,  2 views today

(Visitado13 vezes, 1 visitas hoje)

The following two tabs change content below.
Patrícia Araújo

Patrícia Araújo

CEO da ProPAT – Inteligência Financeira, Idealizadora do Felicitude – Programa de NeuroFelicidade, administradora, palestrante, especialista em gestão de negócios, gestão financeira e gerenciamento de projetos. Possui duas certificações internacionais: PMP - Project Management Professional e Personal & Professional Coaching. Empreender vai muito além de uma ideia. É preciso organização, gestão e controle financeiro. www.propat.com.br patricia@propat.com.br 21-983912444 ou 21-2148-9745
21-09-2020 |

Deixe uma resposta

Todos os direitos reservados Utilità, Mantido por RT Soluções.
Pular para a barra de ferramentas