Estamos diante de um terremoto em alto mar

0

 

Para entender a situação atual, vale trabalharmos com a metáfora de que estamos diante de um terremoto em alto mar. Recebemos alerta de tsunami. Não sabendo a intensidade da onda que chegará a praia. Mas não temos  como não tomar providências sobre isso. As pessoas não entenderam o que é epidemia e o que é um isolamento social. O COVID 19 é um patógeno novo em uma região, e isso significa que vai encontrar uma população susceptível. A doença em questão  se dissemina muito rapidamente levando os pacientes ao CTI e a uma ventilação mecânica assistida.

Se isso acontece em um período curto não existem recursos para atender a população. O isolamento social não serve só para a população susceptível não pegue a doença, serve para diluir os casos e permitir o atendimento ao maior numero de pessoas E como conviver com o isolamento social sem adoecer? Neste momento de quarentena é a hora de ter cuidado com a saúde dos idosos e das pessoas que já possuem doenças pré-existentes. Todo o cuidado é pouco para que essa população evite os hospitais, que precisam estar disponíveis para pacientes com sintomas de COVID 19.

Quem possui problemas de diabetes, neurológicos, cardíacos deve seguir sua rotina de cuidados para não piorar seu quadro de saúde. Como o momento de afastamento tende a ser longo, os idosos não podem parar de andar e se exercitar, mesmo que em casa. Aqueles que já possuem dificuldades para caminhar devem prosseguir com o atendimento de fisioterapia em domicílio (seguindo todos os cuidados de higiene), pois se ficarem muito tempo sentados ou deitados, podem se tornar acamados.

Alguns cuidados são necessários. As mãos ficarão mais ressecadas com a quantidade de álcool gel. A pele ressecada pode ser uma porta aberta para bactérias e também para o vírus. Ideal usar sabão líquido glicerinado de boa qualidade e um hidratante após. Passe o álcool gel na rua. Programem-se para sair de casa apenas para o essencial, uma vez por semana e por breves momentos.Ao sair, use ,se possível, uma roupa que seque rápido e que possa ser lavada com água sanitária. Separe uma bolsa com as mesmas características para isso. Sapatos de tênis, tipo Croc ou Melissa sem furos são os preferidos, pois podem ser lavados na máquina ou mergulhados em água e sabão. O uso de mascara também é importante.

Para aqueles que ainda não possuem problema de saúde grave, vale a pena aproveitar o período de isolamento para por em dia aquele tratamento pré- hipertensão ou diabetes que a pessoa não segue direito. Encontrar uma ocupação produtiva em casa, mas ter cuidado com os acidentes domésticos, eles podem levar a pessoa ao hospital, e ela se contaminar. Estamos nos preparando para uma crise prolongada e até lá teremos que administrar da melhor maneira possível. O melhor exercício ventilatório é o riso e o canto. Por isso todos os que estão em quarentena na Itália estão cantando nas janelas. Além da enorme beleza é uma manifestação de solidariedade e afeto.

 44,870 total views,  2 views today

(Visitado22 vezes, 1 visitas hoje)

The following two tabs change content below.
Rosangela Fontana

Rosangela Fontana

Rosangela as Silva Fontana, infectologista da Clínica Neurovida.
06-04-2020 |

Deixe uma resposta

Todos os direitos reservados Utilità, Mantido por RT Soluções.
Pular para a barra de ferramentas