A importância do ambiente da marca, valores e identidade visual para uma empresa

0

 

Nesse artigo, quero abordar duas variáveis que vão funcionar como diferencial competitivo para qualquer negócio. E é isso que pode também posicionar a sua empresa adiante da concorrência. Um deles é a marca. Trata-se da representação gráfica do nome do seu negócio. É o que vai nos diferenciar visualmente do concorrente, e o que faz ter a percepção de business, de negócio, de algo corporativo.

A marca precisa conversar diretamente com a outra variável, que é a identidade visual. Podendo ser externa, interna ou ficar na fachada, é uma identidade dentro dos ambientes. Esses dois itens precisam ser bem pensados e planejados, afinal, irão impactar diretamente em seu valor agregado. Lembre-se que valor é o que você entrega para o cliente, enquanto preço é o que ele te paga.

Será que existe diferença de preço somente por conta da marca ou também pelo valor que ela apresenta? Vamos citar o exemplo da Nike. Quanto essa empresa trabalhou ao longo dos anos para que o público entendesse que qualquer item que leva o seu logotipo vale o preço que encontramos hoje nas lojas?

Será que um café custa R$ 2,00 e o outro R$ 6,00 apenas por conta da marca ou também devido ao branding? No café de R$ 2,00, o colaborador que te entrega a bebida possivelmente não sabe o seu nome, talvez o copo até queime a sua mão. Já no mais caro, o nome do cliente é anotado, te chamam para pegar seu pedido e o copo, que é firme, seguramente não queimará a sua mão. Além disso, tem Wi-Fi turbo, ar condicionado, música ambiente, poltronas super confortáveis e, se tiver vaga, ainda é possível relaxar por lá algum tempo.

Esse cenário descrito acima desperta um comportamento de interesse por determinada marca. E isso acontece quando uma gestão é eficaz, e faz com que as pessoas queiram você e não o seu concorrente.

Mas então o preço não tem nada a ver com isso?

Sim, com certeza tem, mas preço representa menos que 10% pela decisão de compra por um produto ou serviço. O que representa mais é quanto aquele serviço/produto vale para mim.

Separei alguns elementos para te fazer evidenciar a sua marcar ainda mais. Por exemplo: missão, visão e valores. São três atributos que representam para o cliente aquilo que a empresa é hoje (missão), o que quer ser amanhã (visão) e os princípios que norteiam o trabalho (valores). E isso é importante não ter apenas pendurado na parede, o que estiver descrito é preciso cumprir, ou é melhor nem ter.

 Agora, vamos às tarefas:

  1. Descreva a missão, visão e valores do seu negócio. Se não sabe por onde começar, selecione algumas palavras-chaves.
  2. Pense em um nome e uma marca que definam a sua empresa.
  3. A partir do seu nome e marca, vamos começar a pensar em uma identidade visual (externa e interna).

Siga essas etapas e assim será possível definir esses três itens, caso você esteja começando uma empresa do zero, ou passando por um processo de reformulação.

Boa sorte!

 39,545 total views,  2 views today

(Visitado18 vezes, 1 visitas hoje)

The following two tabs change content below.

Eber Feltrim

Eber Feltrim, dentista e atualmente especialista em marketing começou a sua carreira em Assis. Após alguns anos, notou a abertura de um nicho em que as pessoas eram pouco conscientes a respeito, o marketing para a área da saúde. Com o interesse no assunto, abdicou do trabalho de dentista e fundou a SIS Consultoria, especializada em desenvolvimento e gestão de clínicas.
19-03-2020 |

Deixe uma resposta

Todos os direitos reservados Utilità, Mantido por RT Soluções.
Pular para a barra de ferramentas