O que fazer se o seu filho não quer ir à creche

0

Os primeiros dias no colégio são um desafio para muitas famílias e escolas. A cena mais temida é a da criança chorando copiosamente e se agarrando na perna dos pais.
Sem dúvida, este é um marco na vida da criança, rumo à sua autonomia e individualização. Ela sentirá falta de sua casa e de seus cuidadores, mas certamente irá se divertir muito e aprenderá bastante com esse novo mundo.

A adaptação escolar não é simples, é um processo com altos e baixos. Ela ocorre não só com a criança, mas simultaneamente com os pais e os professores. Todos estão se conhecendo e enfrentando uma situação nova, com um objetivo em comum: estabelecer um vínculo de confiança. Portanto, em vez de dicas do que fazer para tornar a adaptação mais fácil, pense nos elementos básicos para a confiança: a familiaridade, a afinidade de valores, a admiração, o encorajamento na conquista e a certeza do apoio na necessidade. É importante lembrar que a principal linguagem da criança na idade pré-escolar é a não-verbal.
Com certeza ela vai captar sinais do que está se passando internamente com seus cuidadores, mesmo que eles estejam tentando disfarçar. Por isso, você deve ser a primeira pessoa a se adaptar, a se sentir à vontade com o processo. Esteja seguro da sua escolha, cuide dos seus sentimentos.

Claro que nenhuma escola é perfeita, mas se você reconhece nesta instituição os valores principais que quer passar para seu filho, já é um bom ponto de partida. Esse é um momento rico de também aprofundar a confiança da criança em você, pois ela saberá que você vai e sempre volta. Por isso que as escolas geralmente pedem que os pais fiquem à disposição nos primeiros dias e o tempo que a criança permanece na creche é menor. Esteja preparado e tente negociar ao máximo no seu trabalho e outros afazeres da vida para realmente estar disponível para essas semanas de grandes emoções.

 70,267 total views,  2 views today

(Visitado50 vezes, 1 visitas hoje)

The following two tabs change content below.
Thalita Martignoni

Thalita Martignoni

Thalita Martignoni é psicóloga clínica, atende crianças, adolescentes e adultos. É mestre em psicologia social (PUC-Goiás), Terapeuta Certificada em EMDR (abordagem de reprocessamento de memórias traumáticas) e Educadora Parental Certificada em Disciplina Positiva. Atualmente cursa pós-graduação em Terapia Cognitivo Comportamental aplicada à Infância e Juventude na PUC RIO.
12-02-2020 |

Deixe uma resposta

Todos os direitos reservados Utilità, Mantido por RT Soluções.
Pular para a barra de ferramentas