Seu processo de emagrecimento está sendo eficiente?

0

Foto: Visual Hunt

 

Todos os dias somos bombardeados com uma série de dietas da moda, que prometem eliminar peso a qualquer custo. O grande problema é que essas dietas não duram por muito tempo, por serem bastante restritivas e nos desidratam (perdemos peso à custa de perda de líquido). As pessoas acabam retornando rapidamente ao antigo peso ou até mais, no chamado efeito sanfona. Mas, como eliminar peso de forma eficaz? Como saber se esse processo está correto?

O nosso corpo é composto, de forma resumida, de massa gorda (gordura), massa magra (músculos), água corporal, ossos, órgãos, dentre outros. A perda da massa gorda associada a manutenção (se já tiver em uma boa quantidade no corpo) ou aumento da massa magra e a perda de gordura são os elementos chaves para um emagrecimento benéfico. A explicação para isso é que o músculo do nosso corpo gasta mais energia em repouso do que a gordura corporal. O músculo aumenta o nosso metabolismo basal, nosso corpo queima mais calorias. Porém, nesse processo sempre haverá, mesmo que de maneira pequena, a perda de um pouco de músculo. Por isso é tão importante a presença de profissionais gabaritados e especializados que são o nutricionista e educador físico.

Pessoas que engordam com mais facilidade do que outras possuem uma quantidade de massa gorda no corpo maior que a quantidade de massa magra. Isso é comum com o passar da idade, a partir de 30 anos e na menopausa (devido a alterações hormonais).

A alimentação balanceada associada ao exercício físico é a fórmula do sucesso da saúde corporal. O primeiro passo é procurar um nutricionista para adequar seu plano alimentar e um educador físico para orientar seu exercício. É importante para preservação de massa magra comer a cada três horas e escolher frutas (de preferência que possam ser consumidas com casca) ou sucos de frutas naturais sem adição de açúcar. Um bom aporte proteico diário, como, por exemplos, três porções de leite ou derivados, carnes brancas, ovos; arroz e feijão; evitar frituras, embutidos e alimentos industrializados ricos em gorduras. Sempre incluir no almoço e jantar uma salada verde crua. Alguns alimentos, os chamados termogênicos, também auxiliam no aumento do nosso metabolismo energético. São alguns deles: chá verde, pimenta, canela, gengibre, mate. E muito importante: beber no mínimo 2 L de água diariamente!

A grande dica é esquecer a balança (ela não difere massa gorda de massa magra) e focar na perda de medidas corporais que pode ser percebida pelas nossas roupas. Além disso, seu nutricionista realizará uma boa avaliação nutricional para quantificar seu percentual de gordura e adequar seu plano alimentar! Procure seu nutricionista!

27,914 total views, 2 views today

(Visitado33 vezes, 1 visitas hoje)

The following two tabs change content below.
Camila Barbosa

Camila Barbosa

Graduação em Nutrição pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Pós-graduação em Nutrição Clínica pela Universidade Gama Filho. Pós-graduação em Nutrição Clínica Ortomolecular pela Universidade Estácio de Sá. Foco em emagrecimento e patologias em geral Público alvo: adultos e idosos; crianças a partir de 10 anos. Atendimento Recreio dos Bandeirantes Contato: (21) 987964511 Email: nutricamilabarbosa@gmail.com Instagram: @camila_barbosa_nutri
10-12-2019 |

Deixe uma resposta

Todos os direitos reservados Utilità, Mantido por RT Soluções.
Pular para a barra de ferramentas