Alimentação preventiva do câncer de próstata – Novembro Azul

0

Foto: Visual Hunt

 

O câncer de próstata entre os homens é o segundo mais prevalente, no Brasil, sendo o câncer de pele não-melanoma o que mais acomete o sexo masculino. Na fase inicial, não apresenta sintomas ou pode ser confundido com aumento da próstata benigna (hiperplasia prostática benigna). Na fase mais avançada, pode causar dor nos ossos, infecção generalizada, insuficiência renal. A próstata é um pequeno órgão produtor de sêmen (líquido espesso com espermatozóide) que envolve a porção inicial da uretra, sendo esta um tubo por onde a urina armazenada na bexiga passa e é eliminada. Os principais sintomas são: sangue na urina, redução do jato da urina, aumento da necessidade de urinar de dia e/ou à noite e dificuldade de urinar. Esses sintomas, em sua maioria, não são diagnósticos de câncer, mas é importante a investigação caso tenha surgido no homem (INCA, 2019).

Os exames que auxiliam o diagnóstico são o toque retal e a dosagem de PSA (antígeno prostático específico) pela coleta de sangue. O único procedimento de diagnóstico do câncer de próstata é a biópsia (INCA, 2019).

O tratamento da doença na fase inicial inclui cirurgia, radioterapia e em alguns casos iniciais brandos, a observação constante. Na fase avançada, utiliza- se a radioterapia ou cirurgia em combinação com tratamento hormonal. Quando a doença gera metástase (atingiu outros órgãos), o mais indicado é a terapia hormonal (INCA, 2019).

Os fatores de riscos são: idade principalmente acima de 50 anos, genética (casos na família), estilo de vida, exposição à metais pesados como arsênio, motor de escape de veículos, fuligem, produtos de petróleo, fumo, dentre outros (INCA, 2019).

Na alimentação EVITE excesso de:

– Alimentos gordurosos (como frituras, carnes gordas, embutidos, queijos gordos, manteiga) e excesso de açúcar (como açúcar refinado, sorvete, chocolate, balas, biscoito recheados, dentre outros), pois aumentam a chance de obesidade e dificultam a circulação do sangue ao entupir os vasos sanguíneos.

Prefira:

– Tomate (principalmente na forma de molho caseiro), melancia, goiaba, devido a presença de LICOPENO que é um antioxidante muito importante para prevenção deste tipo de câncer;

– Frutas vermelhas como cereja, framboesa, amora, pois contêm antocianidinas que fortalece nosso sistema imunológico;

– Brócolis e couve-flor, repolho, couve, couve de Bruxelas, pois possuem substâncias que auxiliam a eliminar toxinas do corpo, evitando a formação de células cancerígenas;

– Azeite, frutas e vegetais frescos, nozes, sementes como linhaça, chia;

– Peixes de águas frias como salmão, sardinha, atum, truta, por serem fontes de ômega 3 que é um potente anti-inflamatório, reduzindo o risco de câncer.

As quantidades de cada alimento devem ser prescrita por um nutricionista!

Referência bibliográfica: INSTITUTO NACIONAL DO CÂNCER. Brasília, Ministério da Saúde, 2019. Disponível em: <http:// www.inca.gov.br/tipos-de-cancer/cancer-de-prostata>

9,702 total views, 2 views today

(Visitado41 vezes, 2 visitas hoje)

The following two tabs change content below.
Camila Barbosa

Camila Barbosa

Graduação em Nutrição pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Pós-graduação em Nutrição Clínica pela Universidade Gama Filho. Pós-graduação em Nutrição Clínica Ortomolecular pela Universidade Estácio de Sá. Foco em emagrecimento e patologias em geral Público alvo: adultos e idosos; crianças a partir de 10 anos. Atendimento Recreio dos Bandeirantes Contato: (21) 987964511 Email: nutricamilabarbosa@gmail.com Instagram: @camila_barbosa_nutri
30-10-2019 |

Deixe uma resposta

Todos os direitos reservados Utilità, Mantido por RT Soluções.
Pular para a barra de ferramentas