Você é do tipo que gosta de emprestar tudo que tem?

Cuidado, pois essa atitude pode te prejudicar mais do que você imagina.

0

Foto: B Rosen on Visual Hunt

 

 

Estar endividado hoje é um hábito mais do que comum e isso se dá principalmente pelo descontrole financeiro. As pessoas, em busca de algo que muitas vezes nem precisam, encaram anos de parcelamentos, carnês e diversas contas sem se dar conta do que estão fazendo com os seus recursos e o quanto estão se distanciando de algo mais relevante para a sua vida ou para a de sua família.

As contas começam a chegar e logo surge a conclusão de que algo não será honrado. Diante da situação e devido à falta de mudança nos hábitos, chega também a restrição de crédito, ou seja, o nome no famoso SPC (Sistema de Proteção de Crédito). Para alguns, esse estágio é desesperador, pois se preocupam com o nome, porém para outros nem tanto. Esse segundo, digamos que já esteja “acostumado” e logo dá um jeito de manter o seu ritmo de compras. Sabe como? Exatamente! Alguém já te pediu o seu nome emprestado? E como foi a sua reação? Sempre que te pedem algo, você responde que sim?

Então vou te dar uma dica, se é que você já não sabe! Existem três coisas na vida que não se empresta nem para a própria sombra: marido, carro e nome. Se você não tem carro e marido, tudo bem, mas nome com certeza você tem, e esse aí pode ser o começo de grandes problemas. Uma vez emprestado, você jamais vai saber o que aconteceu, e, se voltar intacto, você teve sorte.

Eu por várias vezes emprestei meu nome e meus créditos, e acabei aprendendo da forma mais complicada. Nunca pensamos no pior: a pessoa vai pagar ou não? Se algo acontecer, o que farei? Ou: por que ela não tem crédito? Ou melhor: por que não faz no próprio nome? Simples, porque o dela já está comprometido, ou melhor, já está protegido.

Numa situação dessas, é melhor negar, pois, além de negativar o seu nome, você ainda corre o risco de ter que pagar por uma conta ou por um produto que você nem recebeu e ainda perde a amizade.

Você já parou para pensar que, se a pessoa não cuidou do nome dela, também não cuidará do seu? Infelizmente, para esse assunto, o melhor é ser egoísta, pois você não pode ser responsável pelo descontrole financeiro de todos, a não ser que o seu nome não seja importante pra você.

135 total views, 2 views today

(Visitado37 vezes, 1 visitas hoje)

The following two tabs change content below.
Ana Zuleika

Ana Zuleika

Ana Zuleika M F Canela, empresária, contadora, coach, mentora financeira, casada e mãe do Juan de 13 anos. Ajuda mulheres a conhecer, organizar, e praticar um bom controle financeiro a fim de melhorar a sua vida, da sua família e dos seus negócios. Com expertise empresarial, acredita que todo negócio pode dar certo, desde que o coração do negocio, o financeiro, esteja bem alinhado. Através dos produtos, desafios da conquista, workshop Transforme sua vida Financeira, processos de coaching ou mentoria financeira, desenvolvido para cada perfil, qualquer mulher consegue uma nova relação com o seu dinheiro.
Ana Zuleika

Latest posts by Ana Zuleika (see all)

23-08-2019 |

Deixe uma resposta

Todos os direitos reservados Utilità, Mantido por RT Soluções.
Pular para a barra de ferramentas