O PAPEL DO PSICÓLOGO EM UM PROCESSO SELETIVO

0

 

Por mais que tenhamos um grande avanço em toda área tecnológica, muito do que uma empresa é capaz de fazer e alcançar está associado ao seu potencial humano. A seleção de funcionários talentosos e com o perfil para desempenhar suas funções é de suma importância para que a empresa possa efetivar o seu papel e atingir um bom desempenho.

Tudo começa durante o recrutamento e seleção de pessoal, em que o psicólogo e geralmente uma equipe de recrutadores são os responsáveis por verificar currículos, conduzir entrevistas e alinhar o que se exige aos traços de personalidade de cada candidato, tirando daquele processo o mais adequado a ocupar a disputada vaga.

Buscar um bom perfil para cada cargo significa estar atento aos aspectos físicos e psicológicos dos candidatos. É ir além do simples teste de conhecimentos gerais. Uma seleção eficaz é a que une as características individuais aos requisitos do trabalho. Nesse sentido, o psicólogo organizacional deve focar na personalidade do candidato somada às habilidades necessárias para o cargo disputado.

As entrevistas, as dinâmicas em grupo e os testes psicológicos servem para identificar aptidões mentais, psicomotoras, destreza, tempo de resposta, resistência, entre outros fatores. Neste sentido, o papel do psicólogo é justamente cruzar os resultados com o que necessita a vaga.

A personalidade de um candidato é tão importante quanto sua capacitação. Por isso, cada vez há mais espaço no mundo corporativo para a psicologia organizacional. Usar a sensibilidade e conseguir com que as pessoas estejam alinhadas aos objetivos da empresa nunca foi uma tarefa fácil. Por isso, um bom psicólogo organizacional deve ter um olhar diferenciado e uma percepção apurada, juntando toda a sua bagagem teórica para desempenhar suas funções com eficiência.

Todo o processo de recrutamento e seleção deve ser conduzido de forma séria e respeitosa, porque o psicólogo é o responsável pelo primeiro contato do candidato com a realidade da empresa, é o cartão de visitas. Se a sua atuação não cumpre com o que se propõe, contribuirá para uma imagem ruim da organização que ele representa e uma escolha errada do profissional que se unirá à equipe.

 

213,384 total views, 3 views today

(Visitado66 vezes, 1 visitas hoje)

The following two tabs change content below.
Michele Silveira

Michele Silveira

Michele Silveira é formada em Psicologia pela Universidade Gama Filho (CRP 05-24665), com especialização em saúde mental. É membro da Formação Freudiana (Escola de psicanálise). Tem vasta experiência clínica e também na área de Recursos Humanos. Possui também graduação em Letras com habilitação em inglês e pós-graduação na área. Atende no seu consultório no Vogue Square, na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro. E-mail: silveirasmichele@gmail.com
27-05-2019 |

Deixe uma resposta

Todos os direitos reservados Utilità, Mantido por RT Soluções.
Pular para a barra de ferramentas