Nas sensações do espaço

0

Incorporar elementos específicos em determinados ambientes para explorá-los através dos sentidos é o alicerce do chamado “design sinestésico”. Muito utilizado em ambientes corporativos, deixa a impressão das sensações na mente do cliente (um cheiro, uma tonalidade, um som) que fica vinculada à compra, à venda e ao bem-estar para ele.

Certamente, compreender aspectos básicos do “design sinestésico” ajuda a emitir sensações dentro de um ambiente. Manipulando elementos que formam o espaço, é possível conseguir acalmar ou animar o espírito das pessoas. No final, o “design sinestésico” ajuda a fazer com que as pessoas sintam e experimentem um espaço agradável e percebam-no como um lar verdadeiro, aproveitando a vida nesse lugar. E é essa a verdadeira finalidade do trabalho de um designer.

Por isso, na Vaina-design gostaríamos de te ajudar a levar essas sensações do início ao fim do dia à sua casa ou ambiente de trabalho. E aqui vamos te mostrar um pouco sobre como cada sentido pode ser estimulado no design:

 

Visão: Certamente o mais valorizado dos cinco sentidos. É com ele que percebemos o mundo. Espaços visualmente agradáveis são alcançados estabelecendo ordem nas coisas e usando cores conscientemente. Preste atenção ao equilíbrio entre o todo e os detalhes, e utilize este sentido para coordenar todas as outras sensações emanadas do seu lar/espaço.

Olfato: É o sentido que causa uma verdadeira impressão marcante. Um ambiente perfumado é essencial para ajudar no estímulo. As opções são variadas: aromatizadores, umidificadores de ar (que, além de aromatizar, purificam o ar e trazem benefícios para a saúde), pot-pourris, difusores, velas aromáticas, flores e plantas são recursos fantásticos para perfumar o ambiente. Até mesmo o aroma de frutas na cozinha cria uma atmosfera cheirosa. Roupas de cama e toalhas bem lavadas e perfumadas também fazem toda a diferença.

 

 

Tato: Provoque o tato, utilizando texturas e materiais interessantes. Não há nada mais gostoso do que sentir a maciez dos tecidos, a textura dos objetos e das plantas, a rugosidade das pedras e madeiras, o conforto dos estofados. Sinta o material dos objetos (se é liso, áspero, quente ou frio). As dicas são: veludos e tecidos diversos, papéis de parede com texturas, pedras, tapetes com tramas acentuadas, madeiras, pastilhas de metal ou de vidro e plantas das mais variadas espécies.

 

Audição: os sons da sua casa geralmente determinam a sua personalidade.

Para quem prefere um ambiente mais relaxante, o barulhinho de água da fonte, o tintilar dos sinos de vento ou até mesmo os estalos de uma lareira aconchegante podem ser uma ótima opção.

 

Paladar: A cozinha, por definição, faz aflorar sensações incríveis quando a relação entre olfato e visão foi bem resolvida no ambiente. Experimente utilizar uma vistosa cesta de frutas na sala de jantar, ou cores que estimulem o apetite (laranja, vermelho etc.), para criar uma sensação de sabores diferentes.

Tente explorar todos os sentidos na decoração da sua casa. Mesmo que não consiga usar todos, sempre um se apoia em outro. Um bom design de interiores é aquele que utiliza elementos que possam ser explorados aos poucos pelos nossos sentidos, trazendo ambientes para viver e desfrutar em distintos períodos do dia.

O verdadeiro lar transcende as aparências. É o espaço onde você se sente bem, relaxado e curte compartilhar com a família e amigos, criando lembranças de bons momentos.

Querem saber mais? Podem nos visitar em: @moveis_decoracao (Instagram).

213,286 total views, 2 views today

(Visitado70 vezes, 1 visitas hoje)

The following two tabs change content below.
Alejandra Diaz

Alejandra Diaz

Apaixonada pela liberdade, Alejandra Diaz de Leon, nasceu em Mérida Venezuela, onde formou-se como Licenciada em Desenho Industrial, na “Universidad de Los Andes”, para depois especializa-se em design de interiores. Com uma grande família (4 filhos: Victor, Mariany, Ian e Isaac; um carrocho: sombra; e seu marido Ivan), vive fazendo um exercício de equilíbrio entre o lar e o trabalho. Para ela a família é o pilar fundamental da Vida. Em 2010, funda junto a seu Marido a empresa “Vaina-Design”. Nesse mesmo ano muda-se junto a sua família da Venezuela para o Brasil. No ano 2013, definindo ficar para valer no Rio de Janeiro, trazem da Venezuela a “Vaina-Design”. Desde então, focados em deixar mais lindas as casas Cariocas trabalham e alavancam a sua empresa. Atualmente, evoluindo a visão da empresa e dos negócios está criando o “Espaço Vaina-Design” e co fundando “Idea Consultoria, ltda”. Alejandra acredita no fazer, tentar acertar e continuar fazendo, tal e como a dança da vida, que não deve parar e é essa mesma busca de fazer sem parar o que lhe apaixona do empreendedorismo.
27-05-2019 |

Deixe uma resposta

Todos os direitos reservados Utilità, Mantido por RT Soluções.
Pular para a barra de ferramentas