5 DICAS PARA MINIMIZAR O IMPACTO DA SEPARAÇÃO NAS NOTAS DO SEU FILHO

FILHOS DE PAIS SEPARADOS PODEM TER DESEMPENHO ESCOLAR PREJUDICADO

0

 

O fim de um relacionamento não é uma situação nada simples para se lidar, especialmente quando essa relação envolve crianças. Nos dias de hoje, pesquisas e estudos apontam que o impacto da separação na vida escolar dos filhos pode ser muito grande.

O pior de tudo é que esses efeitos, além de prejudiciais, podem ser muito mais duradouros do que se imaginava, atingindo a vida adulta, visto que as crianças são parte involuntária desse processo de ruptura. Isso pode levar a problemas como dissociação social e afetiva ou até em relação ao próprio corpo.

O fato é que a ausência de apenas um dos pais pode gerar uma desestruturação em vários níveis e é por isso que no período da separação é preciso ter atenção redobrada em relação aos sinais que a criança pode apresentar.

Isso tudo vale também no que diz respeito à escola, visto que pode haver um grande impacto da separação na vida escolar dos filhos. Caso a separação ocorra durante um ano letivo, o mais aconselhável é não mudar a criança de instituição de ensino, pois isso iria causar ainda mais confusão emocional, visto que são duas mudanças muito drásticas em seu cotidiano.

Outro ponto comum é que a criança pode iniciar uma adolescência prematura. Em meninas, por exemplo, a iniciação sexual tende a ocorrer mais cedo do que o recomendável. Já no caso de irmãos, é comum que os mais velhos passem a se sentir mais responsáveis pelos mais novos, adquirindo uma posição de adulto.

Outro fator comum é que a criança tem a tendência a se culpar por causa do insucesso do relacionamento de seus pais e levam esse sentimento consigo sem saber a melhor forma de expressar ou para quem fazer isso.

O mais importante é lembrar sempre de conversar com a escola, avisando sobre o que está acontecendo pois eles devem saber lidar com essa situação melhor do que ninguém. Obviamente, nada disso é regra e essas mudanças de comportamento ou características descritas podem variar muito de acordo com a idade da criança, visto que possuem entendimentos e também necessidades diferentes.

Fique atento aos sinais:

  • Dificuldade de aprendizado
  • Distração
  • Sinais de tristeza
  • Dificuldade de interação ou de brincar com os colegas

 Algumas dicas para que a separação tenha menos impacto sobre a vida escolar dos filhos:

  1. Converse com o seu filho sobre a separação, mas não transfira para ele as angústias e dificuldades do momento.
  2. Mantenham-se (pai e mãe) unidos neste processo. A separação é do casal, não dos filhos.
  3. Evite trocar o filho de escola. Acompanhe mais profundamente o desempenho escolar, principalmente nos primeiros meses depois da separação.
  4.  Evite a guarda física alternada durante a semana. É importante que o filho mantenha a rotina com a qual já estava acostumado.
  5. Peça apoio de um psicólogo ou psicopedagogo.

54,901 total views, 2 views today

(Visitado13 vezes, 1 visitas hoje)

The following two tabs change content below.
Álvaro Cravo
Álvaro Cravo é sócio fundador do escritório Álvaro Cravo Advogados, com filiais no Centro e Barra da Tijuca. Em quase duas décadas advogando, atua como representante em procedimentos judiciais e extrajudiciais de divórcio, reconhecimento e dissoluções de uniões estáveis, requerimentos de pensões, alimentos, partilha e regulamentações de visitas, além de mediações de conflitos. Atualmente, é membro do IBDFAM – Instituto Brasileiro de Direito de Família. Na advocacia, tem buscado contribuir para difundir um Direito de Família mais adequado à realidade cotidiana da nossa sociedade, de forma a reduzir o impacto psicológico e financeiro que um processo judicial pode ocasionar na vida de seus clientes.
09-10-2018 |

Deixe uma resposta

Todos os direitos reservados Utilità, Desenvolvimento evo.ag.
Pular para a barra de ferramentas