Cuidados necessários ao adotar um pet

0

Foto: Freepik

Ter um animal como membro da família é um ato incrível, que exige muita responsabilidade e merece algumas considerações. Todos da família precisam estar de acordo, caso você não more sozinho. Outro ponto importante é o espaço disponível para o novo membro na sua residência. Adotando um cão adulto ou filhote, lembre-se que o animal é como uma criança, exige tempo e paciência.

Não podemos esquecer que somos responsáveis por manter a saúde e o bem-estar deles, logo, é interessante nos prepararmos financeiramente para os custos, como a castração que deve ser feita em local apropriado com profissionais qualificados, por exemplo. Um bom profissional é essencial para o acompanhamento do seu pet em consultas, exames, vacinas, vermifugação, preventivos para pulgas e carrapatos, mantendo sempre a carteira de vacinação atualizada e carimbada.

Os animais podem viver de 15 a 21 anos, e o final da vida é o momento onde mais precisam de amor, paciência, cuidado e não somente do seu dinheiro. Se você se arrepender e/ou perceber que não dá conta, doe para uma pessoa que poderá cuidar e dar carinho para o seu animal, ou, em último caso, devolva onde pegou. Mas nunca abandone, pois é crime. Siga essas dicas e desfrute desse elo de companheirismo e amor verdadeiro.

33,101 total views, 2 views today

(Visitado36 vezes, 1 visitas hoje)

The following two tabs change content below.
Joyce Magalhães

Joyce Magalhães

Formada na Ufersa, possui Mestrado em Ciência Animal pela UFPI e Doutorado em Biotecnologia pelo RENORBIO. Docente no Ensino Superior durante 12 anos. É referência no cuidado com a saúde e bem-estar de cães e gatos. Atualmente é responsável pelo setor de Anestesiologia e Unidade de Cuidados intensivos na clínica Bichos e Mimos.
Joyce Magalhães

Latest posts by Joyce Magalhães (see all)

27-08-2018 |

Deixe uma resposta

Todos os direitos reservados Utilità, Mantido por RT Soluções.
Pular para a barra de ferramentas