Consultoria de imagem e estilo: das compras ao guarda-roupa

0
Foto: Facebook Carolina Souza

Foto: Facebook Carolina Souza

DICA: “Pesquisar o que aquela ocasião vai demandar de você e, na dúvida, não ter vergonha de perguntar. Se for uma ocasião social, uma festa, por exemplo, pergunte ao anfitrião qual é o dress code do evento. Se for para uma entrevista, pergunte ao entrevistador qual o grau de formalidade da empresa que está interessada em você. Você já está sendo cotado para um cargo, seu currículo já chamou atenção e você com certeza estará um passo à frente se demonstrar preocupação e atenção em se apresentar adequadamente”.

 

“A primeira impressão é a que fica”. A frase, conhecida e repetida por todos, evoca a importância de uma profissão muitas vezes esquecida e uma área frequentemente tomada como fútil: a consultoria de imagem e estilo. Caroline Souza, hoje profissional da área, trocou o serviço social, e engrenou na nova função com o objetivo de fazer algo que amava e tornasse possível conciliar com a maternidade. Oferecendo inúmeros serviços, até mesmo workshops e palestras, Caroline afirma que ainda há preconceito com a profissão.

“Mas as pessoas já começaram a entender que consultoria de imagem não é só moda. Ela envolve o universo da moda porque está inserida em nosso dia a dia, afinal, somos obrigados a nos vestir. Ela é um processo de construção e adequação da sua imagem pessoal, aquilo que as pessoas veem precisa representar a sua essência, estar de acordo com seu propósito de vida, seus gostos e anseios. Para mim, o vestir, assim como as artes, são uma ferramenta de expressão muito poderosa, e ensino meus clientes a se apropriarem disso a favor deles”, esclarece.

O perfil das pessoas que Caroline atende abarca, principalmente, mulheres entre 30 e 50 anos, empresárias e empreendedoras que tocam suas casas e seus negócios, além de se dividirem entre as tarefas do dia a dia. Segundo a consultora, todas as clientes a procuram em busca de um olhar mais atencioso para si.

“Elas sentiam falta desse cuidado para com elas mesmas, mas um cuidado que também agregasse valor a essa figura forte que são. E aí está a grande sacada. Elas também estão em posições de liderança, comandam seus próprios negócios e querem algo que agregue nessa área. Mulher não dá ponto sem nó”, explica Caroline.

Moradora do Recreio, a consultora acredita ainda que a região tem um potencial importante nesse tipo de negócio. Segundo ela, isso é consequência de um bairro jovem, familiar e de pessoas batalhadoras e bem sucedidas em negócios.

Além das palestras e workshops sobre imagem profissional, etiqueta empresarial e construção de dress code, Caroline também oferece, dentre os seus serviços, análise de tipo físico, análise de estilo, coloração pessoal, gerenciamento de guarda-roupas, experiência prática de compras, entre outros. Para saber mais sobre o seu trabalho e como contratá-la, basta acessar o site. Confira: http://csestilo.com/.

 7,072 total views,  2 views today

(Visitado163 vezes, 1 visitas hoje)

The following two tabs change content below.
Rita de Cássia Costa
Sou uma estudante de jornalismo estereotipada: curiosa por natureza, leitora frenética e apaixonada pelo contato humano. Tenho um interesse todo peculiar por economia, política, moda, cinema e tudo o que me transmite um novo frescor.
Rita de Cássia Costa

Latest posts by Rita de Cássia Costa (see all)

22-09-2017 |

Deixe uma resposta

Todos os direitos reservados Utilità, Mantido por RT Soluções.
Pular para a barra de ferramentas