Dicas de como se organizar trabalhando em casa

0

homeoffice-interna

Trabalhar em casa pode ser maravilhoso, mas devemos sempre ser conscientes e disciplinadas sobre como usamos nosso tempo. Não organizar o próprio tempo pode levar a empreendedora a se distrair durante o trabalho, ser pouco eficiente, cometer mais falhas e, consequentemente, ganhar menos dinheiro.
Nos últimos nove anos, eu tenho tocado meus negócios de casa. Eu sei quais são os problemas pelos quais você está passando. Trabalhar em casa é difícil. Se você tem filhos pequenos, é quase loucura. Quase!
Primeiro, a fria realidade: trabalhando em casa, você pode se sentir solitária, presa num mundo sem adultos, desmotivada, trabalhando mais de 12h por dia e ainda tendo de aturar suas amigas e a sua própria família te tratando como uma desocupada. Acredite, eu já passei por tudo isso.
Bem, aí vem o lado bom da coisa: flexibilidade de horários, ser dona da sua agenda, se dedicar a coisas úteis que lhe trarão algum resultado efetivo, poder cuidar de perto da saúde dos filhos, ir às reuniões da escola, viver sem engarrafamentos e metrô, e nunca mais na vida participar de reuniões inúteis que parecem que não vão acabar nunca…
Mas as vantagens de se trabalhar em casa compensam apenas para aquelas mulheres que conseguem se organizar e não colocam o trabalho como última atividade do dia. Lembre-se que você não está sozinha. Existem muitas mulheres como eu e você que trabalham em casa, cuidam da família e estão conquistando sua realização pessoal e profissional.

Seguem algumas dicas de como se organizar trabalhando em casa:

#1- Defina uma rotina de trabalho

Ao longo de um dia, muitas coisas acontecem. E se manter motivada, apesar dos problemas, das interrupções e do stress natural do trabalho, não é fácil. Para minimizar esse problema, defina previamente uma rotina de trabalho. Quantas horas você vai trabalhar por dia? Quais são seus horários? Quando você para e fica 100% disponível para a família? As respostas para essas perguntas simples têm um poder incrível sobre a qualidade do seu trabalho. Coloque no papel a sua rotina diária e compartilhe a sua agenda com a sua família. Isso fará com que eles percebam quando e como você trabalha, e será fundamental para pedir (ou exigir, se for o caso) a colaboração necessária de cada pessoa da família, inclusive das crianças.

#2- Defina uma rotina para seu filho

Definir uma rotina para os filhos enquanto você trabalha é fundamental. Você pode focar mais no seu horário de trabalho quando a criança está na escola, por exemplo. Mas, se seu filho for muito pequeno e ainda não frequentar a escola, crie um espaço para ele. Pode ser um tapete com brinquedos perto do seu ambiente de trabalho. Aos poucos, seu filho vai se acostumar a te ver trabalhando ali e entender que neste momento a mamãe está dedicada a outras atividades. Isso não é abandono, não tenha medo. É importante, inclusive, para o crescimento e desenvolvimento da autonomia da criança.

#3- Use a regra 52 x 17

Sabemos que pequenas pausas ao longo do dia ajudam a te manter motivada e melhoram a produtividade. Um estudo recente sugere uma fórmula ideal para essas paradas. Trabalhar por 52 minutos e descansar os 17 minutos seguintes. Repetir isso durante todo o horário de trabalho.
É claro que essa regra não é fixa. Depende do seu temperamento e do seu tipo de trabalho. Eu trabalho por mais de uma hora e paro por 10 minutinhos. Levanto, respiro um pouco, bebo um copo de água e volto a escrever. O mais importante é ter essa rotina de ficar concentrada no que você está fazendo e deixar as interferências de fora.
Você pode usar esses intervalos para ver o desenho que seu filho fez, mandar uma mensagem para um amigo e outras coisas que poderiam lhe causar interrupções. Não tem segredo. Até você se acostumar com esses intervalos, programe um alarme para tocar e se esforce para cumpri-los.

#4- Dê prêmios a você mesma

Quem disse que mimos são só para as crianças? Premie seu bom comportamento quando você fizer coisas das quais realmente se orgulha. Prometa para você mesmo que você vai fazer um café quentinho ou colocar sua música preferida para tocar… mas só quando você terminar uma determinada tarefa ou finalizar um projeto. Estabelecer uma premiação, mesmo que simbólica, para a conclusão de tarefas pode fazer você se manter concentrada e determinada no trabalho. E até trabalhar mais rápido. Pense nisso: por que esperar até as 15h para tomar aquele cappuccino? Vamos terminar isso logo!

#5- Desligue seu Facebook

Estar conectado ao Facebook ou qualquer outra rede social durante o trabalho pode lhe dar a sensação de estar antenado e ligado a tudo que está acontecendo no mundo. Isso pode até ser positivo quando você está trabalhando em grupo com pessoas que estão em vários locais diferentes. Mas, definitivamente, isso não contempla ver as fotos de viagem da sua amiga e checar os últimos memes da internet.
Esse papo de precisar estar conectado o tempo todo pode esconder uma grande fonte de dispersão no seu trabalho. Considere a rede social como um mimo. Que você irá se permitir assim que terminar a tarefa planejada, como vimos no item anterior.

#6- Reserva um lugar especial para seu trabalho

Não é todo mundo que tem o luxo de ter um cômodo dedicado a um escritório ou ateliê dentro de casa. Isso não é problema. Mesmo que você more num apartamento muito pequeno, você pode reservar um cantinho para ser o seu local de trabalho.
Esse espaço é muito importante para comunicar para você e para as outras pessoas que você está trabalhando. Esse espaço tem de ser exclusivo para o trabalho e não se misturar com a confusão natural do restante da casa. Assim, fica claro que quando você está naquele lugar você não está disponível. Difícil imaginar, não é? Mas quando você trabalhava na empresa dos outros era assim, então por que na sua empresa seria diferente?
Outro ponto é que o seu lugar de trabalho tem de espelhar o tipo de profissional que você é. Se você é criativa, competente e organizada, o seu mom office tem que refletir tudo isso.

#7- Mantenha-se sob pressão

Penso que todos trabalham melhor quando têm que obedecer a prazos. Quanto mais tempo eu tenho para fazer um trabalho, menos eu produzo e mais tempo eu levo para entregar um resultado. Neste ponto é que prazos definidos por você podem te ajudar.
Defina prazos claros e realísticos para cada tarefa que precisa ser feita. Isso vai te ajudar a espantar as distrações e se manter focada nos seus objetivos.

#8- Fale com outras pessoas!

Eu não sei bem o porquê, mas, de vez em quando, eu sinto falta de gente. Mesmo que eu não precise de ninguém para trabalhar comigo, eu preciso estar no meio de outras pessoas adultas.
Sei o quanto é prazeroso estar com meus filhos durante o dia, mas ser mãe não exclui minhas necessidades de mulher e de profissional. Preciso estar com outras pessoas, preciso conversar sobre outras coisas, preciso fazer outras coisas além de cuidar dos meus filhos. É por isso que, mesmo trabalhando de casa, me mantenho conectada com outros profissionais da minha área, frequento cursos, vou a palestras, tomo um chope com uma colega… Tudo isso faz parte de ser mãe empreendedora. Levar o computador para uma cafeteria ou utilizar algumas horas num coworking também pode ser muito bom.

#9- Resista à tentação de ficar de pijama

As roupas que você veste têm um impacto grande na sua performance. Não é bobeira. Quando você se arruma e coloca uma roupa bonita e adequada para o trabalho, a sua cabeça entra no “modo empreendedora”. Você fica mais concentrada e preparada para as atividades da sua profissão. É o mesmo efeito de colocar um vestido espetacular e caprichar na maquiagem antes de uma festa. Você entra no clima e aproveita melhor o momento.
Esse também é o motivo pelo qual pijamas, camisolões e coisas afins prejudicam o seu rendimento. O seu cérebro não entende que você está trabalhando e, portanto, tudo fica mais lento e difícil. Capriche no visual.

#10- Exercite-se durante o dia de trabalho

Todas sabemos dos benefícios de se exercitar e cuidar do corpo. Agora você sabia que se exercitar durante o dia pode aumentar a sua produtividade? Se você fizer 30 minutos de exercícios todos os dias, poderá ver a qualidade do seu trabalho aumentar. Confesso que pessoalmente ainda não consegui implementar por aqui, mas é uma meta. O estímulo do corpo traz uma sensação de bem-estar e quem se sente melhor trabalha melhor.
Só tome cuidado para não transformar isso em fuga do trabalho. São só 30 minutos! Não vale demorar uma hora escolhendo a legging, 40 minutos fazendo uma vitamina e meia hora postando fotos.
A experiência de muitas empreendedoras e alguns estudos científicos deixam claro que trabalhar em casa pode melhorar muito a sua produtividade e a qualidade da sua relação com o trabalho e com a sua família. Porém, você precisa tomar alguns cuidados para não se deixar perturbar pelas distrações domésticas e não se desmotivar pelo fato de trabalhar sozinha.
Planejamento é a chave para obter sucesso no seu mom office. Siga essas dicas para se organizar ao trabalhar em casa.

638 total views, 1 views today

(Visitado39 vezes, 1 visitas hoje)

The following two tabs change content below.
Maria Cristina Bernardo

Maria Cristina Bernardo

A Mães Empreendedoras foi criado a partir da história pessoal da pedagoga Maria Cristina Bernardo que depois de se tornar mãe avistou no empreendedorismo uma nova forma de viver sua carreira profissional. Atualmente a fundadora, mãe do Guilherme (9 anos), do João (5 anos) e da Júlia (4 meses)  atua como consultora e criadora de conteúdo. Hoje a Mães Empreendedoras reúne diversos seguidores no Brasil inteiro e só em sua página no Facebook já conta com mais de 11 mil participantes."
Maria Cristina Bernardo

Latest posts by Maria Cristina Bernardo (see all)

05-09-2017 |

Deixe uma resposta

Todos os direitos reservados Utilità, Mantido por RT Soluções.
Pular para a barra de ferramentas