Mulheres – toda idade precisa de cuidados!

0
foto: divulgação

foto: divulgação

 

Ser mulher é estar em constante mudança. Nós nos acostumamos desde cedo a lidar com as alterações do corpo e das emoções. Os seios crescem, o quadril se alarga, o rosto define, a menstruação chega… Tudo isso independentemente do nosso querer. Depois, vem a vida adulta e, para grande parte, chega junto a maternidade. O barrigão cresce, os seios explodem e os hormônios também. Choramos mais, desejamos muito e amamos mais do que jamais pensaríamos ser capazes.

 

E aí o tempo passa, a vida corrida não nos deixa tempo pra lidar com essa passagem e, um belo dia, como que de repente, nos vemos com 40 anos. A pele parece menos viçosa, o cabelo modifica, o corpo não responde rápido aos exercícios da academia, a necessidade de sono parece aumentar e o cansaço também. E então você se olha no espelho, vê alguns cabelos brancos e algumas ruguinhas nos olhos e diz “meu Deus, tô velha!”. Qual de nós já não se sentiu assim?

 

A verdade é que, na correria louca de todos os dias, deixamos de nos perceber, de nos olhar e, principalmente, de nos cuidar. Trabalhamos muito, organizamos a casa, arrumamos a vida escolar dos filhos ou netos, damos conta do mercado e das contas a pagar. Nessa avalanche de afazeres sem fim, não nos permitirmos um olhar cuidadoso para nosso corpo e suas necessidades. Precisamos sentir dor, mal estar ou algo diferente para pararmos e olhar direito, não é? E, às vezes, não sabemos nem por onde começar. Que tal procurar um geriatra e traçar um plano de ação para um envelhecimento saudável e feliz?

 

Fazer exames laboratoriais e de imagem são mandatórios. É muito importante avaliar as taxas hormonais, vitaminas, colesterol, glicemia, função renal, avaliação da densidade óssea e controle da pressão. Com a chegada da pré-menopausa/menopausa, as taxas hormonais tendem a cair, assim como as vitaminas. Muitas mulheres desenvolvem hipotireoidismo e osteoporose. Então mãos à obra! Não espere os problemas acontecerem.

 

Exames feitos, resultados avaliados, hora de colocar nosso plano de saúde e qualidade de vida em prática. Melhorar os hábitos alimentares, escolher a melhor atividade física pra você, fazer higiene do sono, beber muita água, reduzir o consumo de álcool (optando sempre pelos vinhos tintos secos), abandonar de vez o cigarro, tirar sempre um tempo para se dedicar ao que te faz feliz (seja ler, assistir TV ou passear) e, algo muito importante, ter sempre um momento para se conectar consigo mesma, seja através da oração, meditação ou apenas contemplação de uma paisagem.

 

Não existe corpo são sem mente saudável. Ao corpo, o cuidado necessário! À alma, a alegria merecida!

1,314 total views, 2 views today

(Visitado55 vezes, 1 visitas hoje)

The following two tabs change content below.
Roberta França

Roberta França

Roberta França, formada há 15 anos em Medicina pela Universidade Gama Filho. Pós-graduada em Geriatria e Gerontologia pela Universidade Estácio de Sá. Membro da Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia e da Sociedade Brasileira de Neuropsiquiatria Geriátrica. Professora da ABRAZ - Associação Brasileira de Alzheimer. Palestrante de temas diversos na área da medicina geriátrica.
Roberta França

Latest posts by Roberta França (see all)

23-05-2017 |

Deixe uma resposta

Todos os direitos reservados Utilità, Mantido por RT Soluções.
Pular para a barra de ferramentas