Dívidas: cuidados que as pessoas devem ter com as compras de fim de ano

0
Photo via Freepik.com

Photo via Freepik.com

O final do ano chegou e, com ele, as festas, as comidas e bebidas típicas e deliciosas da época, as celebrações com amigos e familiares, as compras, os presentes e… as dívidas! Pois é, até tem o décimo terceiro salário para ajudar, mas tem quem perca a mão e entre o ano seguinte já tenso e preocupado, mergulhado em contas para pagar. Início de ano já costuma ser mais tenso por conta de gastos como IPVA, IPTU, material escolar, entre outros. Então, o que fazer para curtir as festas e celebrar, mas também manter as finanças em dia? Vamos a algumas dicas:

a) Organize as finanças – mantenha o orçamento pessoal sob controle. Identifique qual sua renda, quais os gastos rotineiros que já possui (aluguel, luz, telefone, internet, escola etc.), as dívidas que já tenha contraído e verifique quanto sobra. Assim, poderá ter uma noção clara de quanto pode gastar, ou não, no fim do ano!

b) Controle o impulso de consumo – vendedores são profissionais preparados para vender e, para isso, se preparam para conquistar, principalmente os clientes que compram por impulso. Gostou de alguma coisa, teve a vontade de comprar? Faça o seguinte: dê uma volta e depois volte para ver se a vontade se mantém. Garanto que, em mais de 50% das vezes, perceberá que realmente não queria aquele produto. Controle-se!

c) Questione-se – “Eu realmente preciso desse produto?”, “Isso é imprescindível neste momento?” e “Quanto tempo posso ficar sem essa mercadoria?” Fazer essas perguntas já é um exercício que ajuda na definição das prioridades.

d) Reorganize-se – faça uma planilha de gastos e segregue-os em três categorias: imprescindível (aquele que não pode deixar de ser feito), importante (aquele que pode ser renegociado) e supérfluo (os que podem ficar para depois). Feito isso, analise quanto há de excessos em relação à renda que recebe. Geralmente o “a mais” representa 30% das despesas das famílias. Tendo esses dados, faça os cortes necessários.

e) Dívidas “caras” – evite ao máximo usar o limite do cheque especial e pagar a parcela mínima do cartão de crédito. São as linhas de crédito mais caras do mercado. Cartão de crédito, por exemplo, tem praticado taxas de 475% ao ano. No cheque especial, os juros estão na faixa de 330% ao ano. É um verdadeiro suicídio financeiro recorrer a estas linhas de crédito. Caso esteja endividado nessas modalidades, tente substituir por créditos mais baratos, como empréstimo consignado ou pessoal.

f) “Não tenho dinheiro agora, vou parcelar” – é um erro muito comum e perigoso que muita gente comete. O pagamento é parcelado, mas a conta vai chegar um dia. Como fará para arcar com elas? Pense nisso!

g) Estabeleça objetivos – na medida em que você estabelecer metas e objetivos para si e sua família, passará a ter motivos para melhor lidar com suas finanças. Poderão ajudar uns aos outros, lembrando sempre daquela viagem que planejam fazer daqui a dois anos, ou do carro que querem adquirir, ou ainda do novo celular que vai lançar em breve. Tudo é uma questão de motivação!

h) Aprenda – muitas vezes cometemos erros simplesmente por não sabermos como fazer, qual a melhor maneira de agir, qual a decisão adequada a se tomar. Para isso, capacite-se, estude e aprenda sobre temas que estejam relacionados ao consumo. Saiba sobre os direitos e deveres do consumidor e do vendedor, sobre cálculo de juros, sobre garantias… Só depende de você!

Boas festas e boas compras, mas com as finanças em dia!

 963 total views,  2 views today

(Visitado43 vezes, 1 visitas hoje)

The following two tabs change content below.
Alexandre Prado

Alexandre Prado

Alexandre Prado é coach, consultor, especialista em finanças, escritor e professor de cursos na área de desenvolvimento humano e organizacional, além de CEO da Núcleo Expansão. Tem no currículo sólida formação acadêmica, incluindo especializações em Nova Iorque, Boston e Oxford, e vasta experiência como alto executivo de empresas nacionais e multinacionais.
20-12-2016 |

Deixe uma resposta

Todos os direitos reservados Utilità, Mantido por RT Soluções.
Pular para a barra de ferramentas