A mística do adestramento

0
dogface-interna cópia

Photo credit: Adrian Fallace Photography via Visual Hunt / CC BY-ND

Como “Felicia” assumida, confesso que tenho aprendido muito sobre adestramento aqui na AmiCão do ParCão, e confesso mais: adestramento não é ruim para os cães!

Tinha uma ideia equivocada. Pensava que os cães, ao fazer um Show Dog, ao entrar numa caixa e até mesmo no momento das aulas de adestramento, ficavam desconfortáveis. No entanto, o adestrador Marcus Vinicius da Lafre Adestramento, e agora atual sócio da AmiCão do ParCão, tem me mostrado na prática que isso não procede.

Diante desta “descoberta”, resolvi convidar o Marcus para dar uma breve explanação sobre o que é o adestramento para o cão para todos os leitores desta coluna, e, assim, desmitificar o pensamento equivocado sobre o tema.

“Há 20 anos como adestrador, sempre escutei pessoas que não têm conhecimento do que é adestramento dizerem que a prática é ruim para os cães, que todo adestramento é feito com agressão ao cão. E isso não é verdade, pois a finalidade principal do adestramento é criar uma forma de comunicação entre o homem e o cão, trazendo um melhor meio de convivência e vinculo.

No passado, realmente existiam técnicas um pouco mais duras, pelo fato de o conhecimento ser bem restrito, mas hoje em dia, com a possibilidade de fazermos cursos, pesquisarmos na internet e termos conhecimento real do que é condicionamento, não é preciso mais esse tipo de prática.

Atualmente, falamos em técnicas positivas, onde o objetivo é ter um cão interagindo feliz e com muita vontade de exercitar, pois, sendo assim, excluímos toda possibilidade de erro dos cães, canalizando só para atividades interessantes.

É importante termos em mente que o cão é um animal que precisa ter funções para que não tenha comportamentos indesejados, fazendo com que, em vez de serem agradáveis para nós, passem a ser problemas. Muitas pessoas gastam fortunas com caminhas, roupinhas, brinquedos mirabolantes e outras coisas, que, no final, para o cão, não têm a menor serventia, pois não fazem parte da natureza do cão.

Para um cão, é muito melhor ele ir “brincar” com outro cão, treinar um esporte, fazer exercício e outras coisas boas de cachorro.”

Espero que estas breves linhas tenham conseguido mostrar pra vocês, leitores, que o adestramento realmente não é ruim para os cães, pelo contrário, é algo que faz bem para eles.

Eu não deixei de ser “Felicia”, continuo agarrando, beijando, apertando os peludos, mas digo que agora sou uma “Felicia” esclarecida e mais controlada, pois estou aprendendo muito com o Marcus Vinicius.

E assim, até o Kalifa, meu AmiCão, recebe o adestramento que eu mesma faço sob a supervisão do Marcus Vinicius e percebo a alegria do meu peludão quando está treinando.

Marcus Vinicius de Freitas Lacerda é fundador da Lafre Adestramento e possui 20 anos de experiência no mercado como adestrador. Treina cães para TV, é árbitro de competição no esporte canino Agility e foi campeão no esporte por vários anos. É professor e coordenador no curso de formação de adestrador e há pouco se tornou sócio da AmiCão do parCão, creche, hospedagem e adestramento, se tornando o Diretor Operacional da empresa.
Luciana Estefanio é sócia da AmiCão do ParCão Creche, hospedagem e adestramento, e idealizadora do ParCão Recreio: https://www.facebook.com/Amicaodoparcao

1,447 total views, 2 views today

(Visitado271 vezes, 3 visitas hoje)

The following two tabs change content below.
Luciana Estefanio

Luciana Estefanio

Luciana Estefanio é idealizadora do ParCão Recreio e sócia da creche para cães AmiCão do ParCão.
02-08-2016 |

Deixe uma resposta

Todos os direitos reservados Utilità, Desenvolvimento evo.ag.
Pular para a barra de ferramentas