Moradora da Barra lança programa “Meu nome é Ivana, não é bagunça”

Ivana Portella, formada em psicologia, estreia o programa via internet que promete levar a organização para públicos populares

0
ivana-interna cópia

Foto: divulgação

Psicóloga de formação, Ivana Portella, de 51 anos, usa a Psicologia para incrementar o seu trabalho como Personal Organizer. A nova profissão deu muito certo e, como consequência, Ivana estreia um programa via internet que promete levar a organização para públicos mais populares. “Meu nome é Ivana, não é bagunça” levará a moradora da Barra à casa das pessoas para mostrar o que há de errado na falta de organização e promete deixar uma verdadeira sensação de bem-estar como resultado.

Nessa entrevista, Ivana fala um pouco do seu programa e da profissão escolhida. Confira:

O que te fez abandonar a profissão de psicóloga e seguir carreira de Personal Organizer?
Trabalhando como Personal Organizer, não abandonei a Psicologia. O conhecimento de uma formação complementa o meu trabalho atual. Como lidamos com hábitos e relacionamentos familiares e profissionais, devo admitir que utilizo em parte significativa das minhas atividades como organizadora os meus conhecimentos, o que é um diferencial. Mas qualquer um pode buscar em livros e textos abordagem sobre o assunto.

A profissão ainda é pouco conhecida no Brasil e considerada por muitos um pouco elitizada. Você acha que daqui a alguns anos ela pode ser acessível também para classes menos abastadas?
O trabalho que venho desenvolvendo em cursos de formação, workshops e palestras gratuitas, que falam sobre a importância de ter a vida organizada e técnicas para isso, ajuda a popularizar a atividade, permitindo que todas as classes tenham acesso. Em breve, teremos no ar, na Web TV à Bangu, um programa que vai dar mais informação sobre organização e acesso para que todos tenham esse benefício em suas casas. O nome do programa é “Meu nome é Ivana, não é bagunça”.

O seu programa é focado em pessoas da Zona Oeste. Qual é a intenção de atingir um público mais popular?
Sim, primeiramente informando sobre a importância e os benefícios da organização, mas de forma simples e muito bem humorada, procurando atingir quem nunca ouviu falar que existem técnicas que podem ajudar qualquer pessoa de quaisquer classes a ter controle sobre seus pertences e a seu tempo, principalmente. A tônica do programa “Meu nome é Ivana, não é bagunça” é desmistificar a ideia de que a organização é chata e trabalhosa. Mostraremos, ao contrário, que organização é simples e pode ser muito bem humorada. Dessa forma, pensamos em atingir públicos de todas as classes. Como apresentadora, procuro utilizar uma linguagem bem acessível e divertida para que todos se interessem, desde as crianças até os idosos. O assunto vai passar por toda a casa, incluindo a organização dos animais de estimação.

Como é a procura do Personal Organizer na Barra?
Cada vez maior. Temos um segmento de organização de mudanças que só aumenta. Há muitos condomínios novos, muitas pessoas mudando e vindo pra cá, só nesse nicho já atendemos muitas pessoas. Além, claro, das que solicitam organização de rotinas domésticas (onde criamos um cronograma de atividades para o funcionamento e a manutenção da casa, seja para quem trabalha ou para quem mora nela), e a organização de cômodos, que é a mais comum.

Há quanto tempo você mora na região? Por que escolheu morar aqui?
Moro na Barra há seis anos e amo viver aqui. O bairro me atende em todas as necessidades, tem uma beleza ímpar, além de ser o menos violento da cidade. Depois que mudei, vários amigos também vieram, percebendo essa qualidade de vida que temos.

Quais conselhos você daria para quem deseja investir nessa profissão?
O principal conselho é procurar um bom curso para se qualificar e entender que não basta ser organizado para ser Personal Organizer. É preciso conhecer técnicas, novos produtos, abordagens, e métodos de cobrança que já existem no mercado. O único investimento nessa profissão é informação. Quanto mais bem informada, melhor profissional você será, e maior a possibilidade de criar um novo nicho, pois é uma profissão que permite muitas possibilidades. Atendemos crianças, idosos, pet, rotinas, escritórios, mudanças, podemos trabalhar só com consultorias… Isso permite que qualquer pessoa de qualquer idade seja Personal Organizer. O mais importante é ter a vontade de ver o outro feliz, isso sempre será o diferencial dos melhores profissionais dessa área. Cuidamos da família, do lar das pessoas, o lugar pra onde ela volta todos os dias precisa ser muito harmônico, e é isso que fazemos.

1,347 total views, 1 views today

(Visitado312 vezes, 1 visitas hoje)

The following two tabs change content below.
Rita de Cássia Costa
Sou uma estudante de jornalismo estereotipada: curiosa por natureza, leitora frenética e apaixonada pelo contato humano. Tenho um interesse todo peculiar por economia, política, moda, cinema e tudo o que me transmite um novo frescor.
Rita de Cássia Costa

Latest posts by Rita de Cássia Costa (see all)

26-04-2016 |

Deixe uma resposta

Todos os direitos reservados Utilità, Mantido por RT Soluções.
Pular para a barra de ferramentas