Você percebe os sinais de seu corpo?

0
nashany-interna cópia

Hipócrates (360 a.C) deixou a seguinte reflexão: “Na doença, antes de mais nada, procure na coluna.” | Foto: Flickr

Sentir dor é sinal de que alguma coisa errada está acontecendo em nosso corpo. É o alerta de que o cérebro dispõe para investigarmos onde está a raiz do problema. Muitas pessoas recorrem ao uso de medicamentos para mascarar e aliviar a dor momentaneamente, não investigando a causa real da mesma.

A dor é dividida em dois grupos: aguda e crônica. A dor aguda geralmente tem curta duração e é de fácil diagnóstico. A dor crônica tem duração de 6 meses ou mais. Pessoas que se enquadram nessa condição têm limitação de suas atividades diárias, problemas com o sono e baixa qualidade de vida.

Hipócrates (360 a.C) deixou a seguinte reflexão: “Na doença, antes de mais nada, procure na coluna.” Essa afirmação nos leva a pensar na anatomia da coluna vertebral, por onde a medula percorre, recebendo as informações do cérebro, que são transmitidas aos órgãos através dos nervos. Entendendo isso, fica simples compreender o porquê de, quando há interferências na coluna, os problemas serem refletidos aos membros e órgãos.

Quando a região cervical é acometida por uma falha na comunicação nervosa, há sintomas como: dores de cabeça, enxaquecas, labirintite, vertigem, insônia, disfunções na articulação temporomandibular (ATM), zumbido nos ouvidos, formigamento ao longo dos braços, dor nos ombros, etc.

Se a região atingida for a torácica, sintomas como asma, adormecimento dos braços e dedos, problemas estomacais e na vesícula biliar podem ser sinais de que há bloqueio de impulsos nervosos corretos.

Já na coluna lombar, região que mais afeta a população, problemas como prisão de ventre, disfunções menstruais, impotência sexual, dor lombar e ciática e dor irradiada para as pernas se manifestam.

As atividades diárias de cada um, bem como o estresse físico e emocional, desencadeiam danos à saúde e consequentemente à coluna vertebral. Se muitas das condições patológicas provém da coluna, então qual é o melhor lugar do nosso corpo para procurar as disfunções e tratar? Na coluna vertebral!

O quiropraxista tem a capacidade de detectar e corrigir essas disfunções chamadas de subluxações vertebrais, através de ajustes manuais, buscando a restauração da função articular, visando o alinhamento correto da coluna e liberando as interferências nervosas causadoras de dores e disfunções; e tudo isso sem o uso de medicamentos.

Perceba os sinais do seu corpo! Não mascare sua dor com fármacos, trate a raiz do problema.

31,333 total views, 1 views today

(Visitado260 vezes, 1 visitas hoje)

The following two tabs change content below.
Nashany Chiele

Nashany Chiele

Gaúcha, graduada em Quiropraxia pela Universidade Feevale, situada em Novo Hamburgo - RS. Quiropraxista do Centro de Quiropraxia Dr Coluna e da equipe de natação Tijuca Tennis Clube. Contato: 9640 77815
 
Nashany Chiele

Latest posts by Nashany Chiele (see all)

06-01-2016 |

Deixe uma resposta

Todos os direitos reservados Utilità, Mantido por RT Soluções.
Pular para a barra de ferramentas