Como diminuir a vontade de comer doce

0
doces-interna

Observe as várias formas de açúcar nos alimentos | Foto: Flickr

A vontade de comer doces ou alimentos com alto teor de carboidratos pode estar relacionada a alguma desordem voltada para a produção de serotonina (neurotransmissor responsável pela sensação de bem estar e prazer), baixo açúcar no sangue, além de fatores emocionais, entre outros. Esta vontade súbita de comer doces também pode estar relacionada à deficiência de nutrientes (como ácido fólico, cromo, magnésio, vitamina B12, entre outros), ficar muitas horas sem comer, TPM e até mesmo sede. Para regularizar essa vontade que atormenta muitos, aqui vão algumas dicas.

1- Regularize o seu sono e durma bem. O sono auxilia a controlar o cortisol, conhecido como hormônio do estresse. Portanto, quando dormimos bem, o organismo se satisfaz mais facilmente e não fica tão susceptível a alimentos com alto teor de açúcar. Além disso, inúmeros estudos já comprovaram a ligação entre o sono e excesso de peso, talvez porque procuramos nos alimentos doces uma fonte de energia para combater o cansaço que não conseguimos aliviar durante a noite.

2- Tenha um bom funcionamento intestinal. O intestino é responsável por boa parte da produção de serotonina. Por isso, um bom funcionamento intestinal está relacionado a uma menor necessidade de consumo de produtos ricos em açúcares.

3- Equilibre seu humor. Não desconte suas emoções na comida, principalmente em doces. Você pode se sentir bem no momento, mas com culpa depois. Por isso, pense bem antes de consumir alimentos em momentos de tristeza, raiva e chateação.

4- Diminua o consumo de açúcar aos poucos. Já foi comprovado que o açúcar promove a produção de substâncias que têm poder viciante em nosso cérebro. Por isso, quanto mais comemos doce, mais queremos comer. O ideal é sempre se adaptar ao sabor natural dos alimentos, sem adicionar nem açúcar nem adoçante. Com isso você acostuma seu paladar a opções menos doces e seu organismo não pedirá tanto por opções adocicadas.

5- Observe as várias formas de açúcar nos alimentos. Muitas pessoas ficam preocupadas somente com a adição de açúcar refinado aos produtos e preparações diárias. Porém, o açúcar está presente em diferentes formas como no mel, melaço, açúcar amarelo, xarope de milho, glicose e sacarose. O ideal para quem quer diminuir a compulsão por doce é evitar todas as formas de açúcar para se livrar mais rapidamente desse vício. Aprenda a ler e a interpretar os rótulos dos alimentos, verificando sempre quantos gramas de açúcar contêm e optando sempre por aqueles que não tenham o açúcar ou algum similar como um dos três primeiros ingredientes. O mesmo acontece com o uso de adoçante, pois ele continua deixando você viciado no sabor doce, não eliminando sua vontade de açúcar – apenas disfarçando e te mantendo dependente dos doces.

6- Pratique exercício físico. Além de produzir essa sensação de bem estar comum quando comemos alimentos ricos em açúcar, estudos comprovaram que, logo após se exercitar, as pessoas se sentem menos propensas a comer alimentos ricos em carboidratos, açúcar e gordura.

7- Além disso, uma dieta equilibrada em nutrientes e com alimentos ricos em triptofano (um aminoácido que atua na produção de serotonina) auxilia, e muito, na vontade de comer doces. E para isso, aqui vão algumas opções para incluir no dia a dia em substituição aos doces gordurosos e com alto índice glicêmico:
– As tâmaras são boas fontes de triptofano; consuma a tâmara com morangos e este pode ser um excelente substituto ao doce.
– A banana é riquíssima em triptofano, e diversas são as preparações com a banana para diminuirmos a vontade de doce; assada, amassadinha com agave e aveia, em forma de bananada sem açúcar, entre outras.
– Adicione canela às preparações, além de controlar o nível de glicose no sangue, elas dão a sensação de você estar comendo um doce.
– Optar pelo chocolate 70% cacau ou mais. Ao consumir chocolates com alto teor de cacau, você terá os benefícios dos polifenóis presentes no cacau e conseguirá saciar a vontade de comer doce. Coloque o chocolate na boca e deixe que ele derreta, sem morder, assim você pode aproveitar mais pois a recomendação diária é de apenas 20g.
– Frutas secas como damasco, ameixa e uva passa também são excelentes substitutos.

1,183 total views, 1 views today

(Visitado250 vezes, 1 visitas hoje)

The following two tabs change content below.
Fernanda Marques

Fernanda Marques

Graduada em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Cursando Pós-graduação – Nutmed – Nutrição clínica Ortomolecular, Biofuncional e Fitoterápica Realiza atendimento clínico na Fitness 4you, na Barra, e em domicílio. Realiza consultoria à loja de produtos naturais Empório Natural & Cia e Nutrifit Gourmet de refeições congeladas. Atendimento personalizado em clínica, consultório particular e domiciliar. Atua na elaboração de cardápios especiais para famílias, empresas e treinamento culinárias.
Fernanda Marques

Latest posts by Fernanda Marques (see all)

05-01-2016 |

Deixe uma resposta

Todos os direitos reservados Utilità, Mantido por RT Soluções.
Pular para a barra de ferramentas