Do Direito ao Design: conheça a decoradora Denise Claverie

0
Decorador - matéria

Os profissionais de decoração precisam ser criativos e detalhistas | Foto: Divulgação

 

No dia 30 de maio, comemora-se o dia do decorador. Uma profissão voltada para as pessoas detalhistas e criativas que trazem para casas, empresas e lugares em geral toda a beleza que a mente humana pode elaborar. Para celebrar a data, entrevistamos Denise Claverie, decoradora e paisagista há seis anos. Confira:

Como surgiu o desejo de ser decoradora?

Sempre fui muito criativa e, quando criança, brincava de montar ambientes, organizava teatros e festas. Estudar e trabalhar com Decoração sempre foi um sonho. Assim que concluí a faculdade de Direito, me inscrevi no Curso Técnico em Design de Interiores do SENAC, e desde então não parei, me especializei ainda em Paisagismo e Decoração de Eventos. Atuo na área desde 2009, quando concluí o curso. No começo, tratava como hobby, trabalhando à noite ou nos finais de semana, pois exercia a profissão de advogada. Mas, ano passado, com o aumento de volume de trabalho, tive que optar por uma das profissões. Foi quando decidi deixar o Direito e me dedicar exclusivamente à Decoração e ao Paisagismo.

 

Denise

Denise largou o Direito para se dedicar ao Design | Foto: Arquivo Pessoal

Quais os pontos negativos e positivos da profissão? Por quê?

Para mim, o ponto negativo da profissão é a falta de reconhecimento e a crença de que se trata de algo exclusivo para classe alta, o que é uma grande mentira. É possível fazer um belo projeto apenas repaginando os ambientes, com pequenas intervenções, sem a necessidade de grandes obras, como, por exemplo, aplicando um papel de parede ou colocando quadros. Enfim, pequenos detalhes que tornarão os ambientes mais aconchegantes, sofisticados e com mais vida. Os pontos positivos são inúmeros: lidar com o cliente é algo especial, conhecer as pessoas, saber interpretar os seus sonhos e concretizá-los, criar lindos e diversificados ambientes, levar mais vida e conforto para a casa e vida das pessoas. Afinal, a casa deve ser o melhor lugar do mundo.

Quais as principais características de um decorador?

Um bom decorador precisa, antes de qualquer coisa, saber ouvir e compreender os desejos dos clientes, transmitindo para a decoração seu gosto individual, fazendo com que, ao final, a casa tenha a sua identidade, e não seja apenas a cópia de um ambiente visto em alguma loja ou revista. Mas bom gosto e amor ao trabalho também são características fundamentais.

Quando as pessoas procuram os seus serviços, o que elas têm em mente? Você consegue tornar os clientes mais flexíveis?

Normalmente, as pessoas querem um projeto que traga soluções criativas para as questões apresentadas, mas, acima de tudo, que a casa passe a ter mais identidade e sofisticação. Quando os clientes procuram o trabalho de um decorador, eles estão em busca do novo e, em geral, são bem receptivos e flexíveis.

Qual foi o trabalho mais difícil da sua carreira?

Todo trabalho é especial e único. Não existe desafio fácil. Em todos os casos, precisei analisar bastante antes de executar. Estou sempre em busca de pesquisa de mercado e novos conhecimentos. No dia em que ficar fácil, é porque conclui mais uma etapa da minha vida!

 

Ficou interessado na profissão? Para exercê-la, basta concluir um curso técnico ou faculdade em Design de Interiores. Você trabalhará com arquitetos e profissionais da construção civil, além de lidar sempre com o retorno do cliente.

 1,211 total views,  2 views today

(Visitado177 vezes, 1 visitas hoje)

The following two tabs change content below.
Rita de Cássia Costa
Sou uma estudante de jornalismo estereotipada: curiosa por natureza, leitora frenética e apaixonada pelo contato humano. Tenho um interesse todo peculiar por economia, política, moda, cinema e tudo o que me transmite um novo frescor.
Rita de Cássia Costa

Latest posts by Rita de Cássia Costa (see all)

30-05-2015 |

Deixe uma resposta

Todos os direitos reservados Utilità, Mantido por RT Soluções.
Pular para a barra de ferramentas