Pajens e damas

0

 

pajens e damas 2

O ideal é que pajens e damas sejam íntimos dos noivos para não ter problemas no momento da cerimônia | Foto: Divulgação

O simbolismo dos pajens e damas em uma cerimônia de casamento se refere à fertilidade matrimonial. Por isso é que eles entram entre o noivo e a noiva, justamente para presentearem aquele casal com sorte para procriarem.

A entrada dos pajens e daminhas é o momento mais engraçadinho de uma cerimônia de casamento. A maioria dos casais ainda prefere um par de crianças para carregar as alianças e abrir o caminho da noiva. Mas há outras opções – e valiosas dicas – que podem contribuir para a escolha certa ou mesmo para variar a tradicional entrada com crianças.

1. Qual a idade ideal para daminhas e pajens?
Crianças muito pequenas podem “travar” na hora de entrar na igreja, seja por timidez ou nervosismo. Para evitar este tipo de problema, recomendo que, ao escolher daminhas e pajens, os noivos prefiram crianças entre 3 e 10 anos de idade. O ideal é elas serem íntimas dos noivos, para não se assustar diante de tanta gente diferente. É importante mostrar para os pajens e daminhas que aquele momento é muito importante e alertá-las que um monte de gente vai ficar olhando para elas, além dos fotógrafos e cinegrafistas.

2. Se tenho muitas crianças na família e entre amigos, como escolher?
O corte deve ser feito pela intimidade dos noivos com a criança. Para que nenhum dos pais fique chateado é só considerar as crianças com quem os noivos realmente têm afinidade.

3. Quantos pajens e daminhas posso ter?
Não há regra para o número ideal de pajens e daminhas, mas antes de decidir os noivos devem levar em consideração o espaço da igreja ou local da cerimônia, para manter o equilíbrio visual e estrutural do evento. O ideal é contar com um pajem e uma daminha ou um pajem e duas daminhas. Não existe regra para isso.

 4. Preciso ensaiar as crianças para a cerimônia?
Depende muito, porque o ensaio não significa que as crianças vão entrar no dia do casamento. Geralmente, eles são feitos durante a semana, com a igreja vazia, sem flores e música. E justamente é o contrário que acontece no dia do casamento. Quando as crianças e os pais têm disponibilidade de horário, vale levá-las para participar do ensaio do casal. Porém, quando não têm, não precisam ficar desesperados. O ensaio com as crianças não significa muito. É só solicitar aos pais que cheguem 45 minutos antes da celebração para se apresentarem ao cerimonial para as crianças receberem o buquê, os arquinhos e o pajem, a flor da lapela.

5. Posso escolher adultos em vez de crianças?
Este tipo de iniciativa é bastante comum nos Estados Unidos e em outros países fora do Brasil. Foi o caso do Príncipe William e de Kate Middleton, que escolheram os respectivos irmãos para as funções. Neste caso, os papéis do pajem e da dama ganham um sentido maior: eles podem acompanhar o noivo e a noiva nos preparativos e no grande dia, além de levar as alianças. Acho a ideia muito simpática. É uma maneira de homenagear os escolhidos. Alguns casais também optam pelos avós nas funções de pajem e dama e entrada das alianças.

6. Como escolher a roupa ideal para eles?
É importante equilibrar tons e não chamar a atenção de forma negativa. Para não errar, use tons pastéis e discretos, especialmente se o casamento for durante o dia. Se for à noite, pode-se colocar um pouco mais de brilho, bordados e renda. As roupas devem oferecer conforto total, pois as crianças vão querer brincar e correr pela festa. Os trajes devem combinar com a roupa da noiva e com as cores da decoração e do buquê. Usar alguns detalhes nestas tonalidades dão um charme a mais. Já os pajens podem usar um modelo igual aos padrinhos.

7. Devo pagar as roupas dos pajens e damas?
É de bom tom que, ao convidar pajens e daminhas, os noivos se ofereçam para custear os trajes das crianças. Mas se os pais dos convidados têm boas condições financeiras, isso não é obrigatório. O que a regra realmente pede é que os noivos arquem com as despesas do buquê das damas e do porta-alianças que o pajem carregue. Outra sugestão que eu dou e que fica bem simpática é o casal comprar um presente para cada criança e pedir para o cerimonial entregar no início da festa, como agradecimento.

2,017 total views, 1 views today

(Visitado670 vezes, 1 visitas hoje)

The following two tabs change content below.
Debora Rodrigues

Debora Rodrigues

Assessoria e cerimonial para eventos, proprietária da Debora Rodrigues Cerimonial e Eventos. Escolhi trabalhar com isso tudo porque é exatamente o que me realiza.
16-01-2015 |

Deixe uma resposta

Todos os direitos reservados Utilità, Mantido por RT Soluções.
Pular para a barra de ferramentas