A inteligência emocional no seu negócio

Colaboradores devem estar preparados para lidar com pressão

0
Inteligência Emocional

Equilíbrio emocional é algo que deve ser desenvolvido nos colaboradores, diz Madalena Feliciano | Foto: Divulgação

Ao contratar um colaborador, você como empresário deve ter em mente que o futuro funcionário precisa ter conhecimento técnico e saber lidar com pressões e problemas possíveis de acontecer. Acima de tudo, é preciso ter inteligência emocional, que é a gestão das emoções com vistas em objetivos.

Frequentemente, a insensibilidade, a incapacidade de se relacionar bem com os colegas e a falta de jogo de cintura podem prejudicar o desempenho do colaborador, conforme explica a coaching Madalena Feliciano.

-Nos momentos de crise, é preciso ter inteligência emocional, por isso que é vital desenvolver a inteligência emocional dos colaboradores, para que eles consigam lidar com obstáculos em momentos complicados – diz ela.

De acordo com Feliciano, o desenvolvimento da inteligência emocional diz respeito a aprender a lidar com medos e insatisfações. As pessoas que conseguem administrar melhor esses sentimentos conseguem evoluir mais no trabalho – diz a especialista.

O colaborador que desenvolve a inteligência emocional consegue fazer escolhas de forma mais consciente.

-Ter uma inteligência emocional equilibrada é saber tomar decisões com mais firmeza, tranquilidade e consciência, inclusive tudo isso é usado como estratégia para chegar a um objetivo – ressalta Feliciano.

Uma das vantagens da inteligência emocional é colher os bons frutos no trabalho, como alcançar promoções e aprender novidades com mais facilidade.

-Quando o colaborador é equilibrado, ele consegue perceber as dificuldades e objetivos de um outro ponto de vista, permitindo com que ele saiba ter uma visão mais abrangente, saiba negociar, ouvir melhor seus chefes e ter uma percepção mais adequada.

Se não há inteligência emocional, as emoções afloram tanto a ponto do profissional não conseguir conduzir respostas da melhor maneira possível e isso pode afetar financeiramente a empresa, até perdendo recursos humanos por conta disso.

-É preciso saber conduzir as emoções, porque assim há uma maior produtividade, realização pessoal e alegria – conclui a especialista.

 1,049 total views,  2 views today

(Visitado137 vezes, 1 visitas hoje)

The following two tabs change content below.
Rafaela Tayão
Sou jornalista apaixonada pelo trabalho on-line, atraída pelo Marketing Digital e encantada pelo poder que as palavras têm. Fico mais feliz ainda quando sei que é por elas que muita gente encontra o que quer!
03-11-2014 |

Deixe uma resposta

Todos os direitos reservados Utilità, Mantido por RT Soluções.
Pular para a barra de ferramentas