Nenhuma uva é tão poética quanto a Pinot Noir

0
NENHUMA UVA É TÃO POÉTICA QUANTO A PINOT NOIR

Vinhos: uma bebida perfeita para diversas ocasiões | Foto: Divulgação

Nenhuma uva é tão poética quanto a Pinot Noir. Ouso dizer que seu gênero é feminino! A mais caprichosa, delicada e temperamental das uvas. É preciso muito cuidado ao lidar com ela. De origem francesa e uma das uvas mais antigas do mundo, a Pinot Noir é a rainha dos vinhos tintos da Bourgogne e também usada na região de Champagne (como vimos no artigo anterior).Mais que qualquer outra região, a Bourgogne colocou em seus vinhos toda sabedoria e experiência de sua história. Complexas leis de sucessão do código napoleônico obrigam que as terras sejam divididas igualmente entre os filhos do falecido, o que transformou a região em um verdadeiro mosaico, motivo pelo qual as vinícolas costumam ser pequenas. Simples, Villages, premiers cru e grands crus ficam lado a lado. Não é fácil entender porque um vinhedo é grand cru e seu vizinho um village (mais simples). Contudo, é aqui que conseguimos definir melhor a palavra terroir: uma combinação de tipo de solo, micro clima, exposição entre outros fatores afetam diretamente o desempenho de cada terreno.

Os produtores da Bourgogne costumam dizer que seus vinhos vêm mais do solo que da uva Pinot Noir. O solo da região caracteriza-se pela extrema diversidade, até mesmo dentro de uma mesma microrregião, a diferença do terreno é por vezes dramática. Um bom exemplo é o vinhedo de Domaine Romanée-Conti, que produz um dos melhores vinhos do mundo e seus vizinhos não alcançam a mesma qualidade.  No Brasil, o Romanée-Conti ganhou fama, quando em 2002, o então presidente Lula comemorou sua vitória degustando-o (coisa de uns R$ 5.000,00!), porém em algumas safras seus preços ultrapassam esse valor. Aliás, nossos políticos costumam apreciar muito os vinhos do Domaine. O produtor Albert de Villaine, em visita ao Brasil, esteve na adega de Paulo Maluf. Pasmem-se! Ele ficou chocado ao ver que Maluf possuía algumas safras tão antigas e raras que nem eles tinham.

Por tudo isso, a Pinot Noir na Bourgogne é única e seus vinhos são sinônimo de elegância e sutileza. Para conhecer melhor a região e seus produtores, vale ver o filme Mondovino de Jonathan Nossitier.  Quando jovens, os vinhos da Pinot Noir têm sabores de frutas vermelhas, morango, framboesa, cereja; florais como violeta e jasmim. O envelhecimento em carvalho confere à uva café, baunilha, cacau entre outros. Com a idade, desenvolvem aromas de caça, defumado e trufas. É um dos vinhos que melhor envelhece. Não costumamos encontrar Pinots da Bourgogne baratos. Porém, algumas regiões de clima frio têm conseguido com sucesso elaborar vinhos de boa qualidade e mais acessíveis com a Pinot Noir.

A Nova Zelândia e Estados Unidos produzem ótimos vinhos.  No Chile, as regiões de Casablanca e San Antonio chamam atenção. Os Argentinos, em especial os da região do Rio Negro, na Patagônia Argentina e o Brasil, tem alguns bem frutados e corretos.

Na hora da harmonização, os vinhos da Pinot Noir são um grande aliado, por serem muito versáteis. Refeições com especiarias, ingredientes defumados, grelhados ou tostados. Pratos  salgado/doce da culinária chinesa. Peixes, pato e frango. Com os queijos brie e camembert. Harmonizam perfeitamente!

“Por mais raro que seja, ou mais antigo. Só um vinho é deveras excelente: aquele que tu bebes calmamente com teu mais velho e silencioso amigo” Mario Quintana (30/07/1906 – 05/05/1994)

Sou fã:
Saurus Barrel Pinot Noir 2011, Patagônia/Argentina R$ 119,00 *MV
Nimbus Pinot Noir 2010, Vale Casablanca/Chile R$ 82,00 *MV
Soli Pinot Noir 2011, Bulgária (grata surpresa) R$ 50,00 *MV
Luiz Argenta Pinot Noir, Brasil/Flores da Cunha R$ 63,00 *SV
Bogle Pinot Noir, EUA/Califórnia R$ 150,00 *SV
Michel Juillot Pinot Noir 2012, França/Bourgogne R$ 88,00 *CTV
Domaine Paul Pillot Vieilles Vignes 2008, Chassagne Montrachet, França/Bourgogne R$ 155,00 *CTV
Domaine Rion, Cuveé Juliette 2008, Vosnes-Romanée, França/Bourgogne R$ 250,00 *CTVServiço

*MV – Mondovino – Rua Nelson Tarquino, 150/Lj. C, Recreio – Tel.: (21) 2497-4211 – www.mondovinoweb.com.br
*SV – Serrado Vinhos – Rua Major Ávila, 455/Lj.D, Tijuca – Tel.: (21) 2233-3111
*CTV – Club du Taste-Vin – www.tastevin.com.br – Tels.: (21) 2633-8866/3630-0607

 980 total views,  1 views today

(Visitado148 vezes, 1 visitas hoje)

The following two tabs change content below.
Giane Farias

Giane Farias

Sommelière formada pela Associação Brasileira de Sommeliers, especialista em vinhos franceses com certificado do Conseil Interproffesionel du Vin de Bordeaux. Trabalha há mais de 10 anos na área. Ministra cursos há alguns anos e coloca todo seu conhecimento em prática no Recreio. Recentemente, fez curso de cozinheira para poder unir as duas paixões.
10-10-2014 |

Deixe uma resposta

Todos os direitos reservados Utilità, Mantido por RT Soluções.
Pular para a barra de ferramentas