Recreio 60 anos: o Recreio de Sorriso

0

O paraibano Erisvaldo Lima, o “Sorriso”, como é conhecido na região, chegou ao Recreio em 1980. Moradores e frequentadores da praia, entre os postos 9 e 10, o conhecem pelo apelido. Mas será que sabem dizer qual a origem do mesmo? Entre um gole e outro na água de coco durante a entrevista, ele era saudado e tinha seu “nome” gritado por quem caminhava pela ciclovia. Perguntei o porquê do apelido. Silêncio num primeiro momento mas, em seguida, veio a revelação do simpático Sorriso.-Trabalhava no trailer de dia e estudava à noite. Lembro que surgiu um trabalho na escola em que precisaríamos analisar o sorriso do carioca. Aquele nome “sorriso carioca” ficou em minha cabeça e quando tive a oportunidade de comprar meu trailer, pensei: “Terá de se chamar Sorriso Carioca”. O nome caiu nas graças da galera, graças a Deus – conta ele, que garante que nem todo mundo sabe como surgiu a ideia.

Sorriso morava em Irajá, até que, em 1995, mudou-se para o Recreio. O empresário relembra os motivos que o levaram a mudar de ares.

– O Recreio estava em constante evolução. Lembro que na Avenida das Américas havia dois minimercados, o Rua`s e o Gajim; na Avenida Sernambetiba, o tráfego era em mão única; existia apenas uma linha de ônibus (Recreio/Cascadura). Hoje, o Recreio é urbanizado e ganhou infraestutura – conta ele.

Preocupado com as questões de meio ambiente, Sorriso não pensou duas vezes para eleger o fato que considera mais marcante na região.

– A criação do Parque Ecológico Chico Mendes foi fundamental. Através dele, o poder público passou a monitorar os problemas lagunares na região e como consequência, nós, moradores, ganhamos qualidade de vida – afirma o empresário.

Saudosista, Sorriso se prende às lembranças do Recreio antigo e entende que a mescla com as características atuais do bairro formam boa combinação.

– Gosto do clima rural, da proximidade das pessoas, do contato e das conversas na praia, nos supermercados. Gosto de calor humano. A tecnologia e infraestrutura do Recreio de hoje deram o toque que faltava à região – diz.

A segurança, no entanto, é um assunto que merece mais atenção, na visão do Sorriso.

-Precisamos de mais segurança. Só neste ano, meu quiosque foi arrombado quatro vezes. Perdi tudo. É uma pena, mas creio que a segurança no bairro vai melhorar em breve – afirma ele com otimismo.

A Utilità também quer conhecer sua história! Mande seu depoimento para redator@utilitaonline.com.br. Ela poderá ser publicada aqui no portal. Participe!

1,252 total views, 1 views today

(Visitado190 vezes, 2 visitas hoje)

The following two tabs change content below.
admin
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo consequat. Duis aute irure dolor in reprehenderit in voluptate velit esse cillum dolore eu fugiat nulla pariatur. Excepteur sint occaecat cupidatat non proident, sunt in culpa qui officia deserunt mollit anim id est laborum.
admin

Latest posts by admin (see all)

17-10-2013 |

Deixe uma resposta

Todos os direitos reservados Utilità, Mantido por RT Soluções.
Pular para a barra de ferramentas