VOCÊ SABE O QUE É ALIENAÇÃO PARENTAL?

Não deixe que este mal prejudique o desenvolvimento e a felicidade dos seus filhos!

0

Certamente você já ouviu falar, mesmo que ainda não saiba exatamente o que significa. É verdade que a expressão não é muito autoexplicativa, porém, é importante que você entenda seu significado e preste muito atenção se isso não vem acontecendo com seus filhos ou com crianças próximas a você.

A “alienação parental” ocorre, basicamente, quando aquela frase “até que a morte os separe” deixa de fazer sentido para uma das partes do casal. Eu digo “uma das partes”, porque a alienação surge, geralmente, quando um dos dois não está de acordo com a separação e acaba transferindo para os filhos seus ressentimentos e mágoas, prejudicando o relacionamento entre a criança e o progenitor que está afastado.

O que os casais precisam entender é que a separação é uma decisão do casal e não dos filhos. Os filhos já sofrerão com a separação física de seu pai e de sua mãe (mais usualmente do pai). Não é justo que a este trauma ainda sejam somadas as dores do casal pelo final do relacionamento.

Quais os prejuízos causados para os filhos?

A alienação parental traz prejuízos emocionais e físicos para os filhos. Além da tristeza e dificuldade em se readaptar à nova condição, a criança que passa por esta angústia de um pai alienador pode sofrer distúrbios de atenção e concentração (geralmente, isto é mais observado na escola), timidez acentuada, distúrbios alimentares, indecisão exagerada, e, não muito raro, a busca pelas drogas como uma forma de fuga da situação que não sabe como lidar.


O que fazer quando identificar a alienação parental?

Primeiro, é preciso ter muito cuidado ao atribuir a alguém a alienação parental. É sempre aconselhável buscar ajuda especializada no assunto. Cabe a um juiz definir a alienação parental baseado em diagnóstico profissional (geralmente um psicólogo).

Se for constatada a prática, o juiz define as medidas a serem tomadas, visando proteger a integridade da criança ou adolescente.

O que pode acontecer com o pai ou mãe que estiver praticando alienação parental?

As medidas podem variar de caso para caso, por exemplo:

  • Uma simples repreensão ao alienador.
  • Ampliação da convivência com o genitor alienado.
  • Uma multa estipulada ao alienador.
  • Acompanhamento psicológico.
  • Alteração da guarda.
  • Suspensão da autoridade parental.

Se você perceber que crianças próximas a você estão sofrendo de alienação parental, procure ajuda especializada.

 

56 total views, 2 views today

(Visitado15 vezes, 5 visitas hoje)

The following two tabs change content below.
Álvaro Cravo
Álvaro Cravo é sócio fundador do escritório Álvaro Cravo Advogados, com filiais no Centro e Barra da Tijuca. Em quase duas décadas advogando, atua como representante em procedimentos judiciais e extrajudiciais de divórcio, reconhecimento e dissoluções de uniões estáveis, requerimentos de pensões, alimentos, partilha e regulamentações de visitas, além de mediações de conflitos. Atualmente, é membro do IBDFAM – Instituto Brasileiro de Direito de Família. Na advocacia, tem buscado contribuir para difundir um Direito de Família mais adequado à realidade cotidiana da nossa sociedade, de forma a reduzir o impacto psicológico e financeiro que um processo judicial pode ocasionar na vida de seus clientes.
Álvaro Cravo

Latest posts by Álvaro Cravo (see all)

05-09-2018 |

Deixe uma resposta

Todos os direitos reservados Utilità, Desenvolvimento evo.ag.
Pular para a barra de ferramentas